Review: Ocean Tsakalis Audioworks

Published on abril 20th, 2018

Acabamento/Construção/Embalagem

Os pedais da Tsakalis Audioworks são fabricados na Grécia e esse é o primeiro pedal da marca que analisamos. O Acabamento do pedal é muito bem executado, com a pintura bem feita (em azul e branco) e todas as inscrições do pedal num tamanho que é possível identificar os controles sem maiores dificuldades.

A construção do Ocean é muito bem feita, com uma placa com montagem limpa, bem executada e se utilizando de ótimos componentes. O pedal não oferece a opção de alimentação por bateria e pode ser alimentado por fonte (padrão Boss) 9v. 

A embalagem utilizada pelo fabricante é simples e bonita. Numa cor de papel madeira com a logo do fabricante espalhada por toda a caixa. Acompanham o pedal um catálogo com outros modelos do fabricante, manual e os pézinhos de silicone para serem colocados caso seja desejo do proprietário do pedal. Tudo simples mas bem eficiente.

 

Timbres

Pedais de reverb, pelo menos pra mim, não são dos mais fáceis de se analisar. Afinal, sons de ambiência são meio etéreos por natureza. Dito isto, o Ocean vai agradar muito os amantes de reverb e de ambiências. É um pedal extremamente musical que une timbres icônicos e sonoridades modernas. Cada um dos três modos ( Hall, Shimmer e Spring) oferece boas sonoridades, capaz de inspirar os músicos que gostam de criar ambiências sonoras.

Dependendo do modo escolhidos, os controles Size, Storm e Diffuse, assumem diferentes funções. O Modo Hall oferece sonoridades profundas e complexas, ótimos para ambience music e texturas sonoras. Para configurações mais sutis, foi preciso deixar o controle de mix com pouquíssima abertura, mas ainda assim, ótimo para sonoridades com cara de anos 80.

O modo Spring é bem nteressante pois, atravéns dos controles, você pode “selecionar”entre o tanhanho do tanque de reverb e o número de molas que ele utiliza. Obviamente esse é um conceito bem abstrato para um pedal pequeno, mas a questão é que ao girar os controles, você é capaz de perceber a diferença. Mas particularmente essa sonoridade com uma quantidade de efeito através do controle mix. Foi melhor dosá-lo.

O modo Shimmer é a cereja do bolo desse pedal. Eu particularmente não curto esse efeito e acho ele muito mal utilizado por aí (e em quantidades desnecessárias. O povo quer colocar shimmer em tudo!). Mas nesse caso achei o efeito do Ocean extremamente musical e inspirador! As oitavas soam grandiosas e com um decaimento muito bonito. Não dá vontade de parar de tocar.

Se fosse só pelo shimmer, já valeria a pena comprar o Ocean. Quando se coloca na conta mais dois tipos de reverb, o Ocean se mostra um excelente pedal! Vale a pena!

 

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Essa é a parte mais “delicada” do Ocean. A nomeação dos controles e o fato deles mudarem de função a cada modo torna a curva de aprendizado bem mais lenta. É preciso entender bem como os controles funcionam para que seja possível extrair o que o pedal tem de melhor. Mas depois do entendido o funcionamento, a coisa fica bem mais intuitiva.

 

Regulagem Favorita

Diffuse: 15:00 h

Storm: 14:00h

Mix: 13:00h

Size: 15:00h

Modo: Shimmer