Entrevista: Neunaber Effects

Published on junho 29th, 2016

É interessante ver como, apesar de muito preconceito por parte dos guitarristas, diversos fabricantes tem inovado e se aproximado da tecnologia com o objetivo de oferecer excelentes sonoridades aos músicos abertos a tais inovações. Nesse aspecto a Neunaber tem se destacado bastante, e conversamos com o seu fundador, para entendermos um pouco mais sobre a empresa. Confira o papo!

neunaber

 

Pedais & Efeitos: Muito obrigado por sua atenção e disponibilidade Brian! Como surgiu a Neunaber?

Brian: Eu comecei a empresa em 2008, construindo pedais num quarto, dentro da minha casa. Vendi os primeiros 20 pedais construídos à mão no ebay. A empresa foi oficialmente criada em 2009 e vem crescendo exponencialmente a partir de então.

Pedais & Efeitos: Qual foi o primeiro pedal vendido e desenvolvido já sob a marca?

Brian: O Wet Reverb foi o primeiro pedal desenvolvido e comercializado sob a marca Neunaber e ainda é o nosso pedal mais conhecido. Este pedal está atualmente na sua quarta versão.

Pedais & Efeitos: Pelo que eu observo, a Neunaber tem um DNA em que inovação e tecnologia estão muito presentes. Isso sempre foi um fator importante para vocês?

Brian: Sim, a tecnologia e a inovação têm estado sempre no cerne da nossa filosofia de design. Processamento de sinal digital tem avançado de forma constante ao longo das últimas décadas, no Elements_150ppi_largeentanto, é amplamente relegado para a emulação de equipamento analógico vintage. Seguindo em frente, nós esperamos mudar isso.

Pedais & Efeitos: Para quem não conhece seus pedais, você pode falar brevemente sobre eles com suas respectivas características sonoras?

Brian: Ao invés de falar sobre os produtos individualmente, pode fazer mais sentido falar de cada série de produtos e os efeitos que estão disponíveis em cada. Temos três séries de produtos:

  • Mono Series, que consiste no Wet Mono Reverb, Seraphim Mono Shimmer, e Echelon Mono Echo. Os pedais desta série são a nossa mais básica e acessível, e cada um deles produz um único efeito.
  • Immerse Reverberator: este é o nosso mais novo pedal e pode selecionar entre 8 reverbs diferentes. Ele pode ser usado em mono ou estéreo (entradas / saídas).
  • Série extensão(Expense Series), que é a nossa mais avançada linha de pedais. Estes pedais têm entradas e saídas mono / estéreo e podem ser atualizado via USB usando o nosso software Expense). Utilizando o software, o efeito pode ser modificado ou alterado para um efeito completamente diferente. Além disso, esses pedais podem ser conectados ao nosso Controlador EXP, que permite que até 4 efeitos sejam programados em um pedal e banco de 2 pré-ajustes para cada efeito. EXP também adiciona entradas de expressão. Pedais da série Expanse – embora sejam todos internamente idênticos – pode ser selecionada com uma das 5 designs: Wet Reverb, Seraphim Shimmer, Echelon Echo, Chroma Chorus, ou Slate.
Usamos os mesmos algoritmos de efeitos (com pequenos ajustes) em cada série. As principais diferenças entre estes pedais são os seus conjuntos de recursos e preços.

Pedais & Efeitos: Como funciona o processo de desenvolvimento de vocês? Quanto tempo leva do início do processo até o pedal estar disponível para venda ao consumidor?

Brian: Depende. O Immerse Reverberator, por exemplo, foi desenvolvido em cerca de 6 meses desde a concepção até o lançamento. Este era um projeto simples que se baseou em nossas tecnologias existentes. Para a série Extensão, por outro lado, foram necessários cerca de 18 meses. Grande parte deste foi gasto apenas para descobrir o que este pedal deveria ser, e como resolver problemas específicos.

Pedais & Efeitos: Qual o pedal mais vendido de vocês e qual o seu favorito?

Immerse_Front_150ppi_1024x1024Brian: Nosso pedal mais vendido neste momento é o Immerse Reverberator. Eu não acho que eu tenho um pedal favorito; mas se eu tivesse que escolher, eu poderia escolher o Immerse. É um belo pedal, tanto visualmente e sonoramente. Ele incorpora nossas melhores e mais recentes práticas de design, e é uma combinação quase ideal de simplicidade e flexibilidade.

Pedais & Efeitos: Na sua opinião, qual é a principal vantagem competitiva da Neunaber hoje?

Brian: É difícil escolher uma única vantagem competitiva principal. Nós nos esforçamos para nos destacarmos em todos os aspectos em nosso negócio: não é o suficiente sermos bons em apenas uma ou duas coisas. Quer se trate de produtos que soam ótimos, proporcionando valor, confiabilidade ou apoiando nossos produtos com excelente concepção de suporte, nós trabalhamos duro em todas essas coisas.

Pedais & Efeitos: O Brasil é um mercado emergente que tem crescido bastante. Seus pedais ainda não estão disponíveis aqui. Existe algum plano para que isso aconteça? Você vende diretamente para cá?

Brian: Atualmente, temos pouca ou nenhuma presença no Brasil, embora nós definitivamente gostaríamos de aumentar a nossa presença neste mercado. Nós vendemos direto para o Brasil ocasionalmente.

Pedais & Efeitos: E quais são os futuros projetos da Neunaber? Você pode nos antecipar alguma coisa, alguma notícia exclusiva?

Brian: Estamos trabalhando em algo novo, embora eu ainda não possa falar sobre isso. Este será um novo produto importante para nós. Pretendemos apresentá-lo na Winter NAMM 2017.

Pedais & Efeitos: Guitarristas podem ser bem conservadores as vezes. Você acredita que as inovações que vocês oferecem em seus pedais podem afastar alguns deles?

Brian: Sim, e temos experimentado isso atualmente. No entanto, vemos também muitos guitarristas que ansiosamente abraçam novas tecnologias. Acreditamos firmemente que temos de inovar para nos manter competitivos, e vamos continuar a fazê-lo.

Neunaber

Pedais & Efeitos: Brian, mito obrigado por nos conceder essa entrevista. Gostaria de dixar alguma mensagem para nossos leitores?

Brian: Obrigado por dedicar um tempo para conhecer a nossa empresa e nossos produtos. Se você gostaria de experimentar os nossos produtos, por favor, peça a sua loja de música local para levá-los. Esperamos que você ouça mais sobre nós em breve!

 

 

E também em inglês!

 

Pedais & Efeitos: Thanks for the attention and opportunity Souxzën! How did the Neunaber?

Brian: I started the company in 2008, working out of a spare bedroom in my home and selling the first 20 hand-built pedals on eBay. The company formed officially in 2009 and grew exponentially from there.

Pedais & Efeitos: What was the first pedal developed and sold under the brand Neunaber?

Brian: The Wet Reverb was the first pedal developed and sold by Neunaber, and it is still the pedal for which we are best known. This pedal is currently in its fourth version.

SeraphimStereo_150ppi_3966c2bb-633e-4b72-a3fb-9068ac69e807_1024x1024Pedais & Efeitos: From what I observe, the Neunaber has a “DNA” in which technology and innovation are very present. This has always been an important factor for you?


Brian: Yes, technology and innovation have always been at the core of our design philosophy. Digital signal processing has advanced steadily over the past few decades, yet it is largely relegated to emulation of vintage analog gear. Moving forward, we hope to change this.

Pedais & Efeitos: For those who do not know their pedals, you could talk about each of them, with their sonic characteristics?

Brian: Rather than talk about the products individually, it might make more sense to talk about each series of product and the effects that are available in each. We have three series of products:
Mono Series, consisting of Wet Mono Reverb, Seraphim Mono Shimmer, and Echelon Mono Echo. The pedals in this series are our most basic and affordable, and they each produce a single effect.
Immerse Reverberator: this is our newest pedal and can select between 8 different reverbs. It can be used with mono or stereo inputs/outputs.
Expanse series, which is our most advanced line of pedals. These pedals have mono/stereo inputs & outputs and can be updated via USB using our Expanse software. Using the software, the effect can be modified or changed to a completely different effect. In addition, these pedals can be connected to our ExP Controller, which allows up to 4 effects to be programmed into one pedal and stores 2 presets for each effect. The ExP also adds expression inputs. Pedals in the Expanse series–although all internally identical–can be selected with one of 5 graphics: Wet Reverb, Seraphim Shimmer, Echelon Echo, Chroma Chorus, or Slate.
We use the same effect algorithms (with minor tweaks) in each pedal series. The main differences between these pedals are their feature sets and prices.

Pedais & Efeitos: How does the process of development you? How long does the start of the process until the release of a new pedal?

Brian: It depends. The Immerse Reverberator, for example, was developed in about 6 months from conception to release. This was a straightforward design that drew on our existing technologies. The Expanse series, on the other hand, took about 18 months. Much of this was spent just figuring out what this pedal wanted to be, and how to solve specific issues.

Pedais & Efeitos: What is your best selling pedal and which is your favorite?

Brian: Our best-selling pedal at this time is the Immerse Reverberator. I don’t think I have a favorite pedal; but if I had to pick, I might pick the Immerse. It’s a beautiful pedal, both visually and sonically. It incorporates our newest and best design practices, and it’s a near-ideal combination of simplicity and flexibility.

Pedais & Efeitos: In your opinion, what is the main competitive advantage of Neunaber today?

Brian: It’s difficult to pick a single main competitive advantage. We strive to excel at all aspects or our business: it’s not enough to be good at only one or two things. Whether it’s designing products that sound great, providing value, reliability, or backing our products with excellent support—we work hard at all of these things.

v2-series

Pedais & Efeitos: Brazil is an emerging market and grows increasingly. Your pedals still not arrived in Brazil. You sell directly here or have any plans for your pedals are here?

Brian: We currently have little-to-no presence in Brazil, although we definitely would like to increase our presence in this market. We do sell direct to Brazil on occasion.

Pedais & Efeitos: And what are your future projects with the Neunaber? Can you anticipate something, some exclusive news?

Brian: We are working on something new, although I cannot yet talk about it. This will be a major new product for us. We plan to introduce it at Winter NAMM 2017.

Pedais & Efeitos: Guitarists can be quite conservative sometimes. Do you believe that the ExpanseCollection_150ppi_largeinnovations that you offer in your pedals may move away some of them?

Brian: Yes, and we have experienced this on occasion. However, we also see many guitarists who eagerly embrace new technology. We firmly believe that we must innovate to remain competitive, and we will continue to do so.

Pedais & Efeitos: Brian, thank you for the interview! Want to leave any message for our readers?

Brian: Thank you for taking the time to get to know our company and our products. If you would like to try our products, please ask your local music store to carry them. We hope you will hear more from us soon!