Entrevista: HRS Pedalboards

Published on março 3rd, 2017

É muito bom ver a indústria nacional crescendo e se desenvolvendo, oferecendo assim cada vez mais (e melhores) opções a nós músicos.

A HRS surgiu no mercado como uma opção bacana de pedalboards e vem se consolidando cada vez mais no mercado. Assim fomos conversar com o dono da marca, Henrique, para conhecer um pouco mais sobre a empresa e seus planos para o futuro.

Confira o papo!

Pedais & Efeitos: Henrique, muito obrigado por nos conceder essa entrevista! Como surgiu o seu interesse por equipamentos musicais?

Henrique: Me interessei por música aos 12 anos de idade, inicialmente com aulas de teclado. A partir dai, surgiu o interesse pelos instrumentos e nunca mais parei.. rrsrsr

Pedais & Efeitos: E em que momento você decidiu fabricar Pedalboards?

Henrique: Em 2013, comecei a tocar guitarra em minha banda, após a saída de um guitarrista. A partir daí, comecei a adquirir alguns pedais, e surgiu a necessidade de comprar um pedalboard.
Fiquei algum tempo procurando alguns modelos, e descobri uma marca estrangeira. Fiz contato para comprar, mas os custos para a importação eram muito altos. Então assim, pensei em fazer o meu próprio pedalboard de alumínio baseado no modelo importado que eu tinha gostado. Fiz apenas um, sem a intenção de comercializar. Durante os eventos, a galera sempre me perguntava onde que eu tinha comprado o pedalboard, que queriam igual…Quando eu falava que eu mesmo tinha feito, todos perguntavam se eu não queria vender… Ai surgiu a ideia de fazer mais unidades… Inicialmente comecei a fazer apenas para os amigos… e quando percebi já estava com encomendas, e em 2015 iniciamos oficialmente as atividades da HRS.

Pedais & Efeitos: Quanto tempo você levou com desenvolvimento e pesquisa até chegar no formato atual dos seus boards?

Henrique: Foi aproximadamente 1 ano e meio até chegar no formato atual.

Pedais & Efeitos: Quantos modelos a HRS disponibiliza na sua linha hoje?

Henrique: Atualmente estamos com 8 tamanhos diferentes.

Pedais & Efeitos: Qual o modelo mais vendido de vocês?

Henrique: O modelo mais vendido atualmente é o HRS50 (50×33) que comporta 10 pedais padrão BOSS.

Pedais & Efeitos: Quantas pessoas trabalham na HRS hoje?

Henrique: Além de mim, conto com duas pessoas que me ajudam na fabricação conforme os pedidos.

Pedais & Efeitos: Na sua opinião, qual o principal diferencial da HRS?

Henrique: Na minha opinião, o nosso grande diferencial está na furação da base do pedalboard.
Deixando o setup do cliente bem mais organizado e a disponibilidade de colocar os pedais em qualquer parte da base.
Acredito também que nosso diferencial está no atendimento, procuramos desenvolver sempre um relacionamento de amizade com nossos clientes…

Pedais & Efeitos: O guitarrista que quiser comprar um HRS precisa esperar algum prazo de fabricação ou vocês trabalham com pronta entrega?

Henrique: Atualmente produzimos uma determinada quantidade mensal, independente de pedidos. Nosso prazo de fabricação é de 20 dias úteis, mas dependendo da data do pedido do cliente, essa prazo pode diminuir ou até mesmo termos a peça em estoque para envio imediato.

Pedais & Efeitos: E quais os planos para o futuro? Alguma novidade em vista?

Henrique: Estamos com alguns projetos em andamento como:
Novos tamanhos;
Novas cores nas laterais;
Clientes que já possuírem o pedalboard, poderão adquirir as laterais separadamente;

E algumas novidades, que iremos revelar ao longo de 2017! 🙂

Pedais & Efeitos: Henrique, muito obrigado pelo papo. Gostaria de deixar um recado para os nossos leitores?

Henrique: Eu gostaria de agradecer a todos os clientes que acreditaram em nosso produto, compraram e esperaram o prazo de entrega.