Entrevista: BIG EAR NYC

Published on junho 23rd, 2017

Mais uma entrevista do Pedais & Efeitos! A Big Ear N.Y.C surgiu no mercado com pedais bem interessantes e com ótimos acabamentos. Conversamos com o criador da marca, Grant Wilson sobre o processo de crescimento, diferenciais e projetos da empresa! Confiram!

Pedais & Efeitos: Grant, muito obrigado por nos conceder essa entrevista! Como começou sua história com pedais de efeito?

GW: Eu sou músico a muito tempo e eu tinha alguns pedais quando era criança. Mas nada aconteceu até que eu tivesse 16 anos…Quando assisti um show do Muse. Isso mudou tudo!

Pedais & Efeitos: E em que momento você decidiu criar a Big Ear?

GW: Eu acho que em 2011. Mas nós não lançamos nosso primeiro pedal até o fim de 2013.

Pedais & Efeitos: Qual foi o primeiro pedal lançado sob a marca Big Ear NYC? 

GW: Nós lançamos o LOAF fuzz primeiro. Foi ele quem começou tudo!

Pedais & Efeitos: Eu não sei se foi apenas uma impressão minha, mas a Big Ear cresceu muito rápido! De repente, surgiram vários pedais novos! Foi apenas uma impressão ou realmente as coisas aconteceram muito rápido para você?

GW: Eu não sei. Estamos com 4 anos de idade agora. Eu lançei alguns pedais no mesmo momento no começo, mas era porque não queria permanecer pequeno. Agora estamos nos permitindo crescer de maneira mais lenta e mais planejada.

Pedais & Efeitos: Quantos modelos você produz e vende atualmente?

GW: Nós temos 7 pedais na nossa linha atualmente. Nós descontinuamos um.

Pedais & Efeitos: Quantas pessoas trabalham na empresa e qual a capacidade de produção mensal de vocês?

GW: Atualmente somos 4 e nós produzimos mais ou menos 1 milhão de pedais por mês… = p

Pedais & Efeitos: Qual o seu pedal mais vendido?

GW: Nesse momento o LOAF e o WOODCUTTER estão bem empatados.

Pedais & Efeitos: E qual o seu favorito?

GW: Eu pessoalmente amo o CHAKA e o WOODCUTTER. Mas também gosto de usar o FRANK empurrando o LOAF. Ou o LOAF empurrando o WOODCUTTER. Eu raramento uso um só pedal de cada vez.

Pedais & Efeitos: Na sua opinião, qual o é o grande diferencial da Big Ear NYC?

GW: Nós somos a única empresa administrada por essa equipe de seres humanos com esses cérebros e esses conjuntos de ouvidos! Mas é isso que torna cada empresa diferente, certo? Então talvez nós sejamos todos iguais!

Pedais & Efeitos: Existe uma preocupação em tornar os pedais originais no aspecto sonoro?

GW: Há uma preocupação em fazer o nosso próprio caminho, mas no final do dia, a maioria das pessoas está procurando por sons que já ouviram. O melhor cenário é quando você pode fazer um pedal que que faz o que eles sabem, mas também pode fazer um pouco (ou muito!) mais.

Pedais & Efeitos: O Brasil é um mercado emergente e promissor com milhares de músicos. Você vende diretamente para cá ou tem planos para ter seus pedais vendidos por aqui?

GW: Nós atualmente não temos revendedores brasileiros, e nós não enviamos pessoalmente para fora dos EUA, mas alguns de nossos revendedores podem fazer isso. Confiram no Reverb.com para começar!

Pedais & Efeitos: E quais os projetos futuros da BIG Ear? Pode nos contar alguma coisa, alguma notícia exclusiva?

GW: Estamos nos preparando para a Summer NAMM agora. Vamos hospedar uma grande stand com Keeley Electronics, Adventure Audio, Tomkat Pedals, Fox Pedal e algumas pedalboards misturados com 100 pedais de todo o mundo!

Pedais & Efeitos: Grant, obrigado pela entrevista! Gostaria de deixar alguma mensagem para os nossos leitores?

GW: Muito obrigado! Para minha mensagem, gostaria de citar Bill S. Preston, Esq. Com o que eu acho que é a melhor mensage … “Seja excelente para o próximo!”

 

 

 

Pedais & Efeitos: Grant, thank you for granting us this interview. How did your story with effect pedals?

GW : I’ve played music for a long time, and I had some pedals when I was a kid, but it wasn’t until I was 16 years old.. when I saw Muse in concert.. that changed everything!

Pedais & Efeitos: And at what point did you decide to create the Big Ear?

GW: I think in 2011.. but we didn’t release our first pedal until the end of 2013.

Pedais & Efeitos: Which was the first model already marketed under the brand Big Ear NYC?

GW: We put out the LOAF fuzz first. It was the pedal that started it all!

Pedais & Efeitos: I do not know if it was just my impression, but the Big Ear has grown very fast! Suddenly appeared several new pedals! It was just an impression or even things happened very quickly for you?

GW: I don’t know.. we’re going on four years old now. I did release a few pedals all at once in the beginning, but that was because I didn’t want to stay small. Now we’ve been letting ourselves grow a little slower. More planned now.

Pedais & Efeitos: How many models you produce and sell today?

GW: We have 7 pedals in our line-up right now. We’ve discontinued one.

Pedais & Efeitos: How many people work in the company? What is the monthly production capacity of you?

GW: There are currently four of us, and we make somewhere around a million pedals a month. ;P

Pedais & Efeitos: What is your best selling pedal?

GW: Right now the LOAF and the WOODCUTTER have been pretty well tied.

Pedais & Efeitos: And what’s your favorite?

A: I personally love CHAKA and WOODCUTTER. But I also like to stack FRANK into LOAF. Or LOAF into WOODCUTTER. I rarely ever use just one pedal at a time!

Pedais & Efeitos: In your opinion, what is the great differential of Big Ear NYC?

A: We’re the only company that’s run by this team of humans with these brains and these sets of ears! But that’s what makes every company different though, right…? So maybe we’re all the same!!

Pedais & Efeitos: There is a concern in making pedals with original sound aspect?

GW: There’s concern to do it our own way, but at the end of the day, most people are looking for sounds they’ve already heard. The best case scenario is when you can make a pedal that does what they know, but that can also do a little (or a lot) more!

Pedais & Efeitos: Brazil is an emerging and promising market with thousands of musicians. You sell directly here or have any plans for your pedals are sold here?

GW: We don’t currently have any Brazilian dealers, and we don’t personally ship out of the US, but some our dealers might. Check out Reverb.com to start!

Pedais & Efeitos: And what are the future projects of the Big Ear NYC? Can you tell us anything, some exclusive news?

GW: We’re getting ready for Summer NAMM right now. We’ll be hosting a large booth with Keeley Electronics, Adventure Audio, Tomkat Pedals, Fox Pedal, and a few mixed boards featuring 100 pedals from around the world!

Pedais & Efeitos: Grant, thank you for the interview. Would I like to leave a message for our readers?

GW: Thanks so much! For my message, I would like to quote Bill S. Preston, Esq. with what I think is the best message there is… “Be excellent to each other!”