Review: Iron Horse Walrus Audio

Published on junho 21st, 2017

Acabamento/Construção/Embalagem

No quesito acabamento, os pedais da Walrus Audio estão no topo da lista. E o Iron Horse não poderia fugir a essa regra. A arte do pedal é belíssima e muito bem aplicada. A escolha de knobs foi muito bem feita pois condiz perfeitamente com o todo.

A construção é bastante sólida, com ótimos componentes utilizados e uma placa muito bem montada. O jack de alimentação do pedal não fica próximo as entradas de in e out (fica na “parte de trás” do pedal) o que acho bem mais interessante. O Iron Horse é true by-pass e pode ser alimentado via fonte (padrão Boss) ou bateria de 9v.

A Embalagem condiz com o produto, já que é personalizada e você logo de cara já sabe que se trata de um produto do fabricante. Acompanham o pedal Adesivo, manual e palheta, tudo como manda o figurino. Excelente.

Timbres

O Iron Horse é baseado no famoso CI LM308. Por aí você já deve imaginar que tipo de sonoridade você encontrará nesse modelo, praticamente um retorno a uma distorção clássica. Com bastante ganho e corpo, é excelente para diversas vertentes de rock e guitarristas que precisam de uma distorção cheia para bases e cortante para solos.

O pedal oferece os três controles clássicos presentes em todos os pedais de saturação: volume, tone e ganho. Mas a grande sacada é o switch de três posições, que oferece três diferentes tipos de clipagem, o que confere ao Iron Horse uma excelente versatilidade. Utilizei o pedal em guitarras com single coils e humbuckers, sempre utilizando diferentes posições de clipagem e os resultados foram ótimos.

Outra coisa que me chamou bastante atenção é como o pedal trabalha bem com a dinâmica do controle de volume na guitarra. Apenas com a redução do volume do seu instrumento, você pode sair de uma distorção poderosa e cheia de sustain para um overdrive encorpado e com bastante personalidade. Isso é bem interessante para quem não quer ou não pode ter muitos pedais num pedalboard, já que um pedal com essas características pode atender diversas situações.

Mas o que o Iron Horse faz de melhor mesmo é entregar bastante ganho, com muita versatilidade e personalidade. Se trata de um ótimo pedal de distorção que vale a pena ser conhecido e estar presente em diversos pedalboards Brasil afora Não se trata de um projeto inovador, mas a adição das diferentes clipagens deu nova vida a um clássico, e como vocês sabem, os clássicos nunca saem de moda.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O Iron Horse é super simples de se usar, e os três diferentes tipos de clipagem ajudam bastante o pedal a se adequar a diferentes necessidades e/ou setups.

Regulagem Favorita

Volume: 12:00h

Tone: 11:00h

Ganho: 13:00h

Switch: Posição do meio