Review: White Lion Darta Effects

Primeiras Impressões: Caverns Keeley Electronics
agosto 22, 2018
Paranormal Fuzz (v.2)
agosto 27, 2018

Review: White Lion Darta Effects

Acabamento/Construção/Embalagem

Esse é o primeiro review de um produto da Darta Effects que publico aqui no site, mas vale salientar que já acompanho a marca a bastante tempo. E assim é notório o aumento na qualidade dos acabamentos do fabricante e o White Lion reflete bem isso. A pintura do pedal é na cor branca e é muito bem executada, sem falhas. As impressões no pedal são muito bem aplicadas e a arte é muito bonita. É impossível não ficar bem impressionado com o conjunto.

A construção é bem robusta, com uma placa bem montada e bons componentes sendo utilizados. Os knobs e chaves utilizadas no pedal também parecem ser de ótima qualidade e olha que são muitos knobs e chaves! Os controles de in e out ficam nas laterais do pedal, enquanto a entrada para fonte de alimentação fica na parte de trás do pedal. O White Lion apenas pode ser alimentado por fonte 9v (centro negativo padrão Boss).

A Darta Effects possui embalagens personalizadas na cor preta, com a logo do fabricante em todas as faces. Acompanham o pedal: adesivos, palheta, pés de borracha e velcro adesivo. Tudo de boa qualidade. O que eu senti falta, e no White Lion seria mais do que necessário, é de um bom manual. Isso ajudaria e muito a experiência do usuário e poderia evitar dúvidas e esclarecer o funcionamento do pedal durante o processo de aprendizagem do usuário. Fica a dica!

Timbres

Pela quantidade de controles, você já deve imaginar o número de possibilidades que o White Lion pode oferecer. São dezenas de opções aos seus pés oferecendo timbres de overdrive e distorção para os mais diversos estilos. Você vai conseguir fazer um ajuste fino no seu timbre que poucos pedais no mercado são capazes de oferecer.

O primeiro desafio para você domar esse leão branco serão as chaves na parte de cima do pedal. Especialmente as de clipagem, que são o coração do timbre. A chave de soft clip oferece três possibilidades e trabalha para definir a característica do overdrive no White Lion. A chave hard clip também oferece três possibilidades mas é responsável pelas sonoridades de distorção. Só nessas duas chaves você ja pode imaginar as possibilidades que podem ser alcançadas com esse pedal. E vale destacar que todas essas opções são bem utilizáveis.

A amplitude dos controles responsáveis pela equalização é bem impressionante, capaz de transformar o timbre e características do seu instrumento, caso seja interesse do músico. Especialmente os controles de médios, que são bem importantes no White Lion. Particularmente eu preferi as sonoridades de overdrive no pedal. As opções de Soft Clip são bem interessantes e muito eficiente para oferecer ótimas sonoridades de baixo/médio ganho. Bem legal para diversos estilos de Rock e Blues. Se você optar por deixar a sonoridade ainda mais “personalizada”experimente misturar as clipagens de Soft e Hard Clip. Mas ao misturar as chaves as coisas ficam um pouco mais complexas na relação ganho/volume/frequências. Cada escolha uma consequência.

Se a sua praia é uma sonoridade mais pesada, as opções estão na chave de Hard Clip combinada com o modo Hard na primeira chave. Nessas configurações será possível encontrar timbres para Hard Rock e até para um Heavy Metal oitentista. Claro que isso vai depender diretamente da guitarra e amplificadores que você estiver usando. Se você usar uma guitarra de 7 cordas com um amplificador de alto ganho, claro que poderá ir além, mas pra mim, já foge um pouco da proposta do pedal.

O White Lion é um enigma a ser decifrado. E quanto mais você vai se aprofundando nele, mais consegue extrair e mais refinados podem ser os seus ajustes em busca do timbre ideal. É um verdadeiro canivete suíço, que pode ser aplicado de diversas e diferentes formas. É um produto diferenciado, para quem quer e gosta de possibilidades.

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Obviamente o White Lion não é dos pedais mais simples de se usar. Você vai precisar investir um tempo (Um bom tempo, na verdade) para entender cada controle e como eles se relacionam entre si. Mas esse tempo investido no aprendizado certamente valerá a pena, já que o pedal pode oferecer ótimas possibilidades. A quantidade de possibilidades é enorme, mas é proporcional aos bons sons disponíveis no White Lion.

 

Regulagem Favorita

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *