Entrevista: AMT Electronics

Tortuga Effects: Manhattan
abril 18, 2012
Subdecay com mais uma novidade!
abril 23, 2012

Entrevista: AMT Electronics

Por essa vocês não esperavam! Fomos longe! Batemos um papo bacana e esclarecedor com Sergey Marichev, o criador da AMT Electronics e conversamos sobre o início, as dificuldades de se fabricar pedais na Sibéria(!!!) e descobrimos, dentre outras coisas, que o Beto Barbosa deve ter sido muito popular na União Soviética!

Ah! Uma novidade! Em Português e Inglês! = p

Confiram o papo!

amt_000

 

Pedais & Efeitos: Como você começou a se interessar por pedais de efeito? Como você começou a construir pedais? Quando?

Sergey Marichev: Foi nos anos 70 e 80, na União Soviética. Eu era empregado de uma fábrica de produção militar e toda empresa como essa possui uma banda pop que pode cantar e tocar músicas. Eu tocava baixo na época. Os equipamentos musicais ainda eram muito fracos. Era quase impossível conseguir pedais ou amps bacanas na União Soviética. Então eu decidi construir uns pra mim, pros meus amigos e pros amigos dos meus amigos, etc..

DSC_1962-lr Em 87, uma pequena empresa chamada Asia foi criada. Eu toquei o negócio junto com outros 5 entusiastas – a maioria músicos. A companhia fabricava pedais de guitarra, kits de bateria eletrônica, que se tornaram muito populares em todo o país, além de conversores de bateria midi.

Em 91, o nome da companhia mudou para Asia MT (Asia Music Technology), e a produção dos pedais de guitarra se tornou sua principal atividade. Do ponto de vista tecnológico, os produtos da Asia MT’s subiram a um nível bastante elevado. As idéias técnicas originais e criativas nos aproximaram para a solução de várias dúvidas, resultando na produção de uma série de efeitos acessíveis aos músicos russos.

Em 2001 a companhia conquistou seu nome atual: AMT Electronics. Esta foi também nossa primeira aparição na Musikmesse, em Frankfurt, Alemanha. FOi onde fechamos nosso primeiro contrato internacional!

Pedais & Efeitos: Quando pensamos em Pedais de Efeitos, países como a Rússia (e também o Brasil) não vêm à mente. Quais foram as dificuldades que você encontrou no início?

Sergey Marichev: A falta de experiência nos negócios. Fabricar pedais não é somente fazer pedais. Você tem que administrar a companhia, lidar com os fornecedores de componentes e muitas, muitas outras pessoas que são conectadas com o seu negócio de alguma maneira.

DV016_Jpg_Large_H75029_R

Pedais & Efeitos: Quais são as maiores dificuldades hoje?

Sergey Marichev: As imperfeições da legislação aduaneira russa

Pedais & Efeitos: Qual foi o primeiro modelo que foi construído pela AMT?

Sergey Marichev: Fatal Tube foi o nosso primeiro pedal e o mais vendido. Ele tinha um simulador de cabinetes e muitos músicos alcançaram um som excelente simplesmente plugando ao PA ou em seus amplificadores. 

Pedais & Efeitos: Qual o modelo mais vendido pela AMT? 672074

Sergey Marichev: Atualmente são os modelos SS-20, SS-11 e LA P1 e R1 (em ordem de popularidade). A versão atual do SS-20 é a oitava edição desse excelente preamp. Muitas inovações foram feitas desde 2004, quando esse preamp foi lançado.

Pedais & Efeitos: O que você conhece de Música Brasileira e dos nossos Guitarristas?

Sergey Marichev: Eu amo as melodias e ritmos brasileiros. A lambada foi extremamente popular aqui na Russia nos anos 90! Por outro lado, nos temos muitos fãs do Sepultura. Seria ótimo se vocês nos recomendassem alguns guitarristas brasileiros para escutarmos!

Pedais & Efeitos: Vocês tem vários admiradores aqui no Brasil(Me incluindo nessa!). Vocês pretendem vender seus pedais por aqui?

Sergey Marichev: Sim, nos amaríamos! Se vc quiser distribuir nossos pedais aí no Brasil, é só avisar!

Pedais & Efeitos: Quais as novidades da AMT para esse ano?

Sergey Marichev: WH-1 Wah, Chameleon CAB CN-1 (você viu aqui), a série Legend Amps ampliada(você viu aqui) e renovada e nosso primeiro amplificador, o Stonehead.

SH-50-4-3D.165-1

Você pode ficar por dentro das nossas novidades através dos nossos canais:

http://www.facebook.com/amtelectronics
http://www.facebook.com/groups/173552019407486/ AMT
http://twitter.com/amtelectronics

Pedais & Efeitos: Agora o espaço é seu. Deixe uma mensagem para os nossos leitores!

Sergey Marichev: Primeiro de tudo, gostaria de agradecer pela entrevista. Minha mensagem é bem simples: ouça sua intuição e toque música, não importa o tipo!

 

GroteFoto-FWYBADZK

 

Em inglês:

Pedais e Efeitos: How did you begin to like effect pedals? How did you start to build pedals? When?

Sergey Marichev: It was 70-80s, Soviet Union, I was employee of one of a military production factory, every factory had a pop group/band, so that people can play and sing music. I played bass that time. Musical gear was pretty poor, it was almost impossible to get cool music pedals or guitar amps in Soviet Union, so I decided to build one by myself. I built musical gear for myself, for friends, for friends of my friends, etc.

In 1987 a small company called Asia was set up. I ran the business along with other five enthusiasts – mostly musicians. The company manufactured guitar effects, electronic march drum kits which became very popular all over the country, and drum midi converters.

In 1991 the company’s name was changed to Asia MT (Asia Music Technology), and the production of the guitar effects became its main activity. From the technological point of view Asia MT’s products rose to a very high level. The original technical ideas and creative approach to solving various types of tasks resulted in the production of a series of effects accessible to Russian musicians.

In 2001 the company got its present name – AMT Electronics, it was also our first appearance at Musikmesse in Frankfurt. We’ve got our first worldwide contracts there!

Pedais e Efeitos: As we think about Effect Pedals, Countries like Russia(and Brazil to) don’t come to mind. Which was difficulties you found in the beginning?

Sergey Marichev: The lack of business experience. Pedal making is not just making pedals, you have to manage a LA-E1-front-fullcompany, deal with radio components suppliers and many-many other people that are connected with your business somehow.

Pedais e Efeitos: What are the biggest difficulties today?

Sergey Marichev: Imperfection of Russian customs legislation.

Pedais e Efeitos: Which one was the first model that was built by AMT?

Sergey Marichev: FatalTube was our first pedal, it was best-seller. It had built-in cab sim and many musicians got their great sound just plugging in PA or line-in.


Pedais e Efeitos: Wich is the Best seller model?
Sergey Marichev:Nowadays best-sellers are SS-20, SS-11 and LA P1 and R1 (in the order of popularity). Current version of SS-20 is the 8th edition of that great preamp, lots of improvements have been made since the 2004 when this preamp was released.
Pedais e Efeitos:  What do you know about Brazilian music and guitar players?
Sergey Marichev: I love Brazilian melodies and rhythms, Lambada was hugely popular in Russia in 90s:) On the other hand we have lots of fans of Sepultura:) It would be great if you recommend us some great guitarists from Brazil to listen to:)
amt_electronics_ss_20_guitar_preamp
7. You guys have many fans in Brazil. Do you intent to bring your pedals to Brazil?
Sergey Marichev: Yes, we would love to. If you want to distribute our pedals in Brazil, just let us know!
8. What are the next releases from AMT?
9. Now this your space. Let a message to the PedaiseEfeitos.com readers!
Sergey Marichev: First of all I’d like to thank you for the interview! My message is quite simple: Listen to your intuition and play music no matter what!
pee
pee

1 Comentário

  1. Junior disse:

    Muito Massa! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *