Entrevista: Rockett Pedals!

Versus: Supernova Distortion Rock Service Effects x Fulltone OCD
novembro 21, 2013
Electro-Harmonix Next Step Slammi – Pitch Shifter
novembro 25, 2013

Entrevista: Rockett Pedals!

Sempre procurando trazer temas/assuntos/conversas relevantes para vocês, queridos leitores, fomos atrás de um fabricante que tem se destacado com ótimos produtos e andando numa direção diferente do mercado, ao lançar pedais signature de guitarristas relativamente desconhecidos.

Confira o papo com o Chris Van Tassel, criador da Rockett Pedals!

 

 

Pedais & Efeitos: Chris, obrigado por nos conceder essa entrevista! Como surgiu o seu interesse por pedais?

Chris: Passei muitos anos como músico de estúdio em Hollywood e claro, me tornei fanático por equipamentos. Pedais,Amps, Guitarras, eram coisas naturais para qualquer guitarrista.

Pedais & Efeitos: E em que momento você decidiu criar a Rockett Pedals?

Chris: Decidimos criar a Rockett Pedals depois de conversarmos com vários guitarristas de estúdio locais que se queixavam de não encontrarem o que estavam procurando. O pedido mais comum era para criarmos um pedal que soasse como um amp.  Parece fácil, mas quando você está lidando com um circuito de 9v pode ser um grande desafio. Essa mentalidade nos levou à criação do Rockett Boost, que eventualmente se tornou o Lemon Aid.

Pedais & Efeitos: Qual foi o primeiro pedal fabricado e vendido já com a marca Rockett?

Chris: Foi o Rockett Boost.

Pedais & Efeitos: Como funciona o seu processo de Desenvolvimento? Quanto tempo leva da ideia de um novo pedal até ele estar disponível nas lojas para venda?

Chris: É um processo grande da concepção à realidade. Eu diria no mínimo uns 6 meses até que o produto esteja pronto para o envio. O processo vai desde a criação de uma maquete do circuito para criar o PCB, a caixa do pedal, o esquema de pinturas, gráficos, a seleção de knobs, manual de instruções, vídeos, fotos e material de Marketing. Assim que o projeto está pronto, começamos com as cotações, compra de todas as partes e em seguida esperar e… esperar. Quando as peças chegam começamos a construir. Quando você está construindo qualquer coisa em larga escala pode realmente complicar as coisas e um problema pode atrasar o projeto por meses.

Pedais & Efeitos: Existe uma preocupação em tornar os pedais originais no aspecto sonoro?

Chris: Eu acho que as pessoas dizem isso, mas quando se trata de pessoas elas tendem a resumir a gravitar em torno do experimentado e verdadeiro. Overdrives que emulam os clássicos parecem ser os mais populares.

 

Pedais & Efeitos: Qual é o pedal mais vendido da Rockett? E qual o seu favorito?

Chris: O pedal mais vendido da Rockett é o Blue OD e o meu favorito agora provavelmente é o Led Boots (Signature do Phil Brown).

Pedais & Efeitos: Na sua opinião, qual é o grande diferencial da Rockett?

Chris: Eu não estou certo de qualquer fabricante pedal possa reivindicar grandes diferenças, mas o que nos diferencia são nossos projetos físicos e nossa abordagem aos timbres. Existem grandes pedais por aí mas nós temos uma certa assinatura sonora simplesmente baseada em nossos gostos pessoais que soa autêntica. Nós não estamos tentando recriar o som, mas sim, estamos tentando melhorar a relação natural entre a sua guitarra e o seu amp. Um monte de pedais por aí se tornam o seu som, o que não é o que queremos. Nós sempre dizemos que as pessoas gastam milhares de dólares em grandes guitarras e amplificadores apenas para obter 80% de seu som a partir de um circuito de 9v.  Isso nunca fez sentido para nós, por isso tentamos criar pedais que contribuem para a sinergia de todas as ferramentas envolvidas.

Pedais & Efeitos: Os últimos lançamentos foram voltados para a linha “Signature”. Alguma motivo específico para esse direcionamento?

Chris: Sim, por muitos anos eu trabalhei com guitarristas de estúdio que foram responsáveis ​​pela criação de alguns dos sons de guitarra mais influentes do nosso tempo, mas eles não receberam o reconhecimento por isso. Queríamos destacar alguns guitarristas não só para homenageá-los, mas também para mostrar que a maioria das pessoas não estão familiarizados com, ou pelo menos não tinha idéia de que estes guitarristas foram o timbre por trás de tantas músicas familiares. Tim Pierce é um grande exemplo, se você olhar para a sua discografia você será humilhado imediatamente. Phil Brown escreveu milhões de dólares de sucessos para muitos artistas, Allan Holdsworth é uma espécie de gênio perdido que recebe uma exposição limitada no mainstream, mas é provavelmente o melhor guitarrista do último século(Na minha opinião). Caras como Josh Smith e Guthrie Trapp são lendas e são tão bons que é ridículo. Nós simplesmente não queremos uma grande estrela do rock no nosso time apenas para aumentar as vendas. Queremos guitarristas que criem timbres e sons que inspiram e a fama não é um ingrediente para isso. Com certeza existem alguns guitarristas com grandes timbres que chegam a ficar famosos mas normalmente são coisas meio distantes.

 

Pedais & Efeitos: Vocês acabaram de fechar com um Dealer no Brasil para que os guitarristas brasileiros tenham mais acesso aos seus pedais. É um Dealer exclusivo ou outros importadores podem contactá-lo? E qual a sua expectativa com relação ao mercado brasileiro? E quais são os projetos futuros da Rockett? Pode nos adiantar alguma coisa, alguma notícia exclusiva?

Chris: Sim, nós agora temos um distribuidor para a América do Sul; é a Sunshine Guitars no Brasil. O plano é que a Sunshine seja nosso distribuidor exclusivo para toda a América do Sul. Pelo que nos foi dito o Brasil é um mercado em expansão e temos grandes expectativas para a exposição dos nossos produtos não só no Brasil mas em toda a América do Sul também. Eu tenho vários amigos aí no Brasil ou que gastam muito tempo aí e eles sempre tem coisas boas a falar sobre o povo, a cena musical e o interesse geral em produtos relacionados a música. Estamos muito animado spara ver o que vai acontecer!

Nós temos uma nova linha inteira saindo que eu acho que as pessoas vão adorar. São produtos desenhados para facilidade no transporte, qualidade de som e construção top, ergonomicamente únicos e com excelente preços! Algumas dessas novidades devem aparecer na próxima NAMM.

Pedais & Efeitos: Chris, muito obrigado pela entrevista! Quer deixar algum recado pra os nossos leitores?

Chris: Esperamos ser capazes de fazer uma viagem ao Brasil e conhecer as pessoas e a comunidade, mas se alguém tiver a chance de experimentar os produtos Rockett deixe-nos saber o que você pensa. Eu recebo muitos e-mails do Brasil perguntando sobre a disponibilidade dos produtos da Rockett e parece que a Sunshine vai ser um grande recurso para o mercado brasileiro.

A minha experiência que eu sempre compartilho com os outros é essa: Por vários anos os produtos que eu comprei receberam os mais altos elogios como a melhor coisa com que eu já tinha tocado. Logo percebi que depois de tocar com algo novo e diferente que eu gostava mesmo que não há melhor. Não é somente o que agrada a você naquele momento, por que como guitarristas nossos desejos de timbres estão sempre mudando à medida que melhoramos. Experimente tudo o que puder!

 

 

E também em inglês!

Pedais & Efeitos: Chris, thank you for this interview! How did your interest in effects pedals?

Chris: I spent many years as a session player in Hollywood and of course became a gear freak. Pedals, Amps, Guitars etc. were just a natural thing for any guitar player.

Pedais & Efeitos: And in that moment you decided to create Rockett Pedals?

Chris: We decided to create Rockett Pedals after getting into numerous conversations with many of the local session players that complained that they could not find what they were looking for. The most common request was to create a pedal that was amp-like. It sounds easy but when you are dealing with a 9v circuit that can be quite a challenge. That mentality led us to the creation of the Rockett Boost which eventually became the Lemon Aid.

Pedais & Efeitos: What was the first pedal ever manufactured and sold under the brand name Rockett?

Chris: The Rockett Boost

Pedais & Efeitos: How does the process of development? How long does the idea of a new pedal until it is available for sale in stores?

Chris: It is quite a process from inception to reality. I would say 6 months minimum before a new product can be ready to ship. The process goes from breadboarding a circuit to creating the PCB, the enclosure, paint scheme, graphics, knob selection, instructions, videos, photos and marketing materials. Once a design is done we submit for quotes, order all parts and then wait…..and wait. Once the parts come in the builds begin. When you are manufacturing on any kind of a large scale it can really complicate things and one issue can set the whole process back for months.

Pedais & Efeitos: There is a concern in making pedals with original sound aspect?

Chris: I think people say that but when it comes down to it people tend to gravitate toward the tried and true. Overdrives that emulate the classics seem to be the most popular.

Pedais & Efeitos: What is the best selling pedal Rockett? And what’s your favorite?

Chris: The best selling Rockett product is the Blue Note OD, my favorite right now is probably LED BOOTS (Phil Brown Signature Pedal)

 

Pedais & Efeitos: In your opinion, what is the great diferenttial of Rockett?

Chris: I am not sure any pedal manufacturer can claim great differences but what sets us apart is our physical designs and our approach to sounds. There are many great pedals out there but we have a certain signature sound simply based on our personal tastes as to what sounds authentic. We are not trying to recreate sound but rather, we are trying to enhance the natural relationship between your guitar and amp. A lot of pedals out there become your sound, which is not what we want. We always say that people spend thousands of dollars on great guitars and amps only to get 80% of their sound from a 9v circuit. That never made sense to us so we try to create pedals that contribute to the synergy of all tools involved.

Pedais & Efeitos: The latest releases were directed to the line “Signature”. Any specific reason for this direction?

Chris: Yes, for many years I worked with session players that were responsible for creating some of the most influential guitar tones of our time but they received no recognition for it. We wanted to highlight certain players to not only pay respect but also to showcase what most people are not familiar with or at least had no idea that these players were the tone behind so much familiar music. Tim Pierce is a great example, if you look at his discography you will be humbled immediately. Phil Brown has written millions of dollars worth of hits for many artists, Allan Holdsworth is sort of that lost genius that gets limited exposure to the mainstream but is probably the greatest guitar player of the last century IMHO. Guys like Josh Smith and Guthrie Trapp are legends in the making and are so good it is ridiculous. We just don’t want to get the big “Rock star” on board just to increase sales. We want players that create tones and sounds that inspire, fame is not an ingredient that is necessary for that. Granted, there are some great players with great tone that happen to be famous as well but it is few and far between.

Pedais & Efeitos: You just close with a Dealer in Brazil for the Brazilian guitarists have more access to their pedals. It is an exclusive dealer or other importers can contact you? And what is your expectation about the Brazilian market?

Chris: Yes we did just bring on a South American distributor; Sunshine Guitars in Brazil. The plan is that Sunshine Guitars will be our exclusive distributor for all of South America. From what we have been told Brazil is a booming market and we have great expectations for exposure to not only Brazil but all of South America as well. I have many friends either from Brazil or who spend a lot of time there with nothing but great things to say about the people, the scene and the overall interest in musical products. We are excited to see what happens. We do have an entire new line coming out that I think people will love. They are products designed for ease of travel, top quality build and sound, ergonomically unique and priced very well!…..look for some of the new stuff to trickle out around NAMM show time.

Pedais & Efeitos: Chris, thank you for the interview! Want to leave a message for our readers?

Chris: We hope to be able to make a trip to Brazil and experience the people and the community but if anyone gets a chance to try the Rockett products let us know what you think. I get many emails from Brazil asking about the availability of the Rockett stuff and it looks like Sunshine Guitars will be a great resource for the Brazilian market. My experience that I always share with others is this; For years and years the products I would buy garnered my highest praises as the best ever….I soon realized after playing something new and different that I liked even better that there is no best. There is only what appeals to you at that time because as guitar players our tonal desires are ever changing as we improve. Try everything you can!!

pee
pee

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *