Review: Arare KGR Harmony

London Fog Tape Delay
1 de abril de 2024
Fuzz Phrase Si
3 de abril de 2024
London Fog Tape Delay
1 de abril de 2024
Fuzz Phrase Si
3 de abril de 2024

Review: Arare KGR Harmony

Acabamento/Construção/Embalagem

A KGR Harmony é um fabricante japonês com uma identidade muito forte e própria. Os pedais da empresa são construídos baseadosa numa técnica japonesa centenária chamada de Nanbu-tekki. As caixas são fundidas em ferro numa forja que funciona desde 1848. Essa técnica normalmente é utilizada para produzir bules e protetores de mão para espadas e proporcionam ao pedal um visual particular e um peso bem significativo. É um dos acabamentos mais únicos e legais do mercado. A ausência de indicação nos controles não foi algo que me incomodou nesse modelo específico. A proposta crua do visual e o acabamento fora do padrão acabam justificando a decisão.

Chamar a construção de “sólida” seria redundante. O Arare é um verdadeiro tanque com seus aproximadamente 700g de peso (eu mencionei antes que era pesado). A construção interna possui boa qualidade, com uma placa bem montada e com bons componentes. Os jacks de entrada e saída de áudio ficam nas laterais do pedal. A entrada para fonte da alimentação fica localizado no lado direito do pedal, um pouco abaixo do jack para entrada de aúdio. O pedal deve ser aliemntado com fonte padrão (9v, centro negativo) não possuindo opção de alimentação por bateria. A chave de acionamento do pedal é True Bypass.

A embalagem da KGR é muito simples e eu fiquei com a impressão de que não faz jus ao acabamento do pedal. O pedal vem acondicionado numa caixa, que apesar de ter uma certa cusatomização e um visual diferente quando vista de perto, não possui nenhuma indicação sobre o que se trata nem referencia ao fabricante. O próprio pedal não tem essas referências, então existe uma coerência nesse sentido, mas eu creio que alguma referência visual ao fabricante na embalagem ajudaria bastante. Dentro da embalagem o pedal vem protegido por um plástico bolha e acompanha o pedal um manual (em inglês) simples, mas que esclarece quaisquer dúvidas sobre o funcionamento do pedal.

Timbres

O Arare é um overdrive de baixo/médio ganho que oferece três bandas de equalização e tem como uma de suas características, ser um overdrive “transparente”. O que me chamou logo a atenção é a de que não são muitos os pedais com essa característica que oferecem três bandas de EQ. Essas possibilidades de equalização proporcionam ao músico uma boa quantidade de opções e ajustes para adequar o timbre do overdrive ao seu setup e encontrar a regulagem ideal que se adeque a sua necessidade.

Os controles de equalização no Arare também interferem na quantidade de ganho geral. Com isso, é até possível conseguir arrancar alguns timbres mais “fuzzy” do pedal, carregando em algumas frequências (especialmente nos graves. E no corte de médios você pode encontrar um som numa vibe voltada ao Muff). Essa equalização oferece ao músico uma versatilidade bem interessante, entregando diferentes sonoridades e ajustes de maneira bem simples, especialmente se for necessário uma troca de instrumentos dentro do repértório. Corta uns graves, acrescenta uns médios e tá tudo certo. A equalização é bem poderosa, então é bom ter cuidado com excesso de graves com uma maior quantidade de ganho, por exemplo.

Por falar em ganho, a maneira que eu mais gostei de utilizar o Arare foi com baixo ganho, acrescentando bastante personalidade ao meu “som limpo”. Ele funciona muito bem em acordes abertos, com as notas soando bem nítidas e com muita dinâmica. E se eu quiser um som totalmente limpo, consigo utilizando o volume da guitarra. Ele soou muito bem em diferentes instrumentos e configurações de captadores. Méritos, mais uma vez, da sua seção de equalização. É um pedal que funciona muito bem para tocar diversas vertentes de Rock, Blues e afins. Utilizei ele em diferentes funções (além da que eu já mencionei) e ele funcionou também muito bem como booster, empurrando o amplificador ou outros pedais de drive e também como overdrive de “segundo estágio”.

Com um visual e construção únicos, o Arare é um overdrive bem simples, mas com uma personalidade própria e uma versatilidade muito bem vinda. É o tipo de pedal de overdrive que vai se ajustar muito bem em diversas situações e se tornar uma peça importante dentro de qualquer pedalboard. Não é um pedal que pretende revolucionar nada, mas apenas entregar um bom som de overdrive e cumpre a sua missão com muita competência.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O Arare é um pedal bem simples de se usar e rapidamente você vai encontrar bons timbres nele. A ausência de inscrições no pedal não será um impeditivo, já que rapidamente você pode se acostumar com eles. É importante ficar atento aos controles de equalização e de como eles atuam em conjunto com o controle de ganho do pedal para evitar que algumas frequências acabem embolando.

 

Regulagem Favorita

Volume: 12:00h

Gain: 11:30h

Bass: 11:00h

Middle: 12:30h

Treble: 1:30h

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349

Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349