Review: Muffews Tencate Custom

Cactus
3 de março de 2022
Overdrive Preamp
7 de março de 2022
Cactus
3 de março de 2022
Overdrive Preamp
7 de março de 2022

Review: Muffews Tencate Custom

 

Acabamento/Construção/Embalagem

A Tencate Custom é uma pequena operação de um homem só no interior de SP. Esse é o segundo pedal que analisamos da empresa, que nesses primeiros modelos sempre ofereceu propostas interessantes para seus acabamentos. Mas por ser uma operação pequena, o Luciano (dono da Tencate) me alertou sobre a possibilidade de alterar os acabamentos dos pedais, devido a dificuldade dele de encontrar bons fornecedores. Então é possível que haja diferenças de acabamento/formato entre esse Muffews que analisamos e o que estará sendo oferecido posteriormente. Aqui, a opção foi pela montagem do pedal de maneira horizontal, diferente do tradicional, o que já me agradou.  O acabamento é simples, com a caixa preta com uma placa de metal fixada na parte de cima do pedal com todas as inscrições gravadas nele. Achei uma solução bem interessante apesar de dificultar um pouco a leitura dos controles em algumas situações.

A construção interna segue o mesmo padrão do Kink Drive v.3, com uma placa muito bem montada e organizada, sem sobras ou excessos, com os componentes utilizados sendo de boa qualidade. Os jacks par aentrada e saída de áudio ficam na frente do pedal, assim como o jack de alimentação. O Muffews deve ser alimentaod através de fonte padrão (9v, centro negativo) não possuindo a opção de alimentação por bateria.

A embalagem da Tencate é simples, com uma caixa adesivada com a identificação do pedal e logo do fabricante. É uma embalagem simples mas que cumpre sua função e ajuda na identificação da empresa e modelo. Dentro, acompanham o pedal um pequeno manual do tamanho de um cartão de visitas. Simples, mas eficiente.

Timbres

O nome do Muffews não deixa dúvidas sobre qual tipo de sonoridade você encontrará nesse pedal. Ele foi baseado nas primeiras versões do big muff mas não pense que se trata simplesmente um clone, já que ele possui uns recursos bem interessantes (e úteis) que tornam-o um projeto diferente o suficiente para atrair a curiosidade dos que gostam desse tipo de sonoridade. Nesse pedal, as pricipais diferenças para um “Muff Comum” são os controles de Bias e Tone, mas não são as únicas.

O fabricante alterou a estrutura de ganho do Muffews, tornando-o menos agressivo e mais controlável, ampliando a variação e possibilidades do pedal e proporcionando um pouco mais de “definição” a distorção. Ele pode trabalhar como um overdrive com ganho no mínimo (dependendo também da posição do Bias) ou trabalhar como uma distorção pesada, inclusive bem interessante para se utilizar com afinações mais baixas. A interação do controle de bias com o controle de ganho vai definir a característica da distorção, deixando ele com uma pegada mais fuzzy, ou mais distorção (ou com menos ganho, como um overdrive). As possibilidades só nesse controle são enormes.

E outra questão interessante no controle Bias é que ele também trabalha como um Noise Gate. Então mesmo em altas quantidades de ganho você consegue deixar o Muffews absolutamente silencioso com o controle todo virado para direita, o que não deixa de ser interessante para um pedal que possui uma boa quantidade de ganho e funciona muito bem para sonoridades mais pesadas. O controle de tone também é outro destaque do pedal. É provavelmente o controle de Tone mais versátil que eu já testei em um pedal baseado num Big Muff. Ele oferece um alcance bem amplo, trabalhando também frequências médio-graves e médio-agudas durante o seu curso.

Apesar de ter o DNA do Muff, o Muffews não oferece exatamente o timbre do clássico pedal. A proposta aqui é tornar esse circuito muito mais versátil e com mais possibilidades que o original. Obviamente você vai encontrar alguns timbres que terão essa identidade mais presente, mas em outras configurações ele pode se afastar bastante da proposta do original e eu gostei bastante disso. Pela sua versatilidade de poder cumprir diferentes funções e por ser simples de usar, creio que o Muffews pode ser uma ótima opção de saturação para quem busca um pedal versátil mas com identidade.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Os controles do Muffews são bem simples de operar, mas como a interação entre eles é bem grande, é preciso explorá-los com cuidado para encontrar o timbre desejado. O controle de bias vai ser responsável por definir a identidade do pedal, deixando-o mais com uma cara de fuzz ou de distorção e em conjunto com o controle de tonalidade vai cobrir uma vasta gama de possibilidades sonoras.

Regulagem Favorita

Level: 12:00h

Bias: 11:00h

Tone: 12:00h

Gain: 5:00h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349

Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349