Review: Reverb FS-02 Flamma Innovation

Novo Little Wah!
13 de setembro de 2021
Rage Master NKT275
15 de setembro de 2021
Novo Little Wah!
13 de setembro de 2021
Rage Master NKT275
15 de setembro de 2021

Review: Reverb FS-02 Flamma Innovation

 

Acabamento/Construção/Embalagem

O acabamento dos pedais da Flamma Innovation segue um padrão para todos os pedais da empresa. São todos pintados numa única cor, e no caso do FS-02 Reverb, a cor escolhida foi a cinza/prata. O acabamento é muito bem executado, como é de se esperar numa produção em escala industrial. As inscrições no pedal são na cor preta, o que oferece um bom contraste e facilita a visualização dos controles.

A construção também é bem sólida, com um padrão muito bem estabelecido de placa e componentes. Dentro de uma escala industrial, não esperaria algo diferente. Os jacks de entrada e saída de áudio ficam nas laterais do pedal e o FS-02 oferece entrada e saída estéreo. O pedal deve ser alimentado por uma fonte de 9v, centro negativo que ofereça pelo menos 300mA, conforme especificação do fabricante. O Reverb é true-bypass e o footswitch possui dupla função, que alem de ligar/desligar o pedal pode ligar ou desligar o tails. Outro detalhe bem interessante são os led”s ao redor do footswitch indicando que o pedal está ligado.

A embalagem da Flamma é bem funcional, especialmente se pensarmos na escala industrial em que as coisas são produzidas na China. A caixa do pedal em si é toda branca, mas ela vem acompanhada de uma “luva”, onde constam todas as informações necessárias sobre o modelo em questão. Dentro da caixa acompanham o pedal: Um certificado de garantia, um pequeno adesivo e uma versão resumida do manual. Mas se você quiser o manual um pouco mais completo, ele está disponível para download no site do fabricante. Como eu citei anteriormente, a palavra de ordem é funcionalidade.

Timbres

A proposta do FS-02 é muito tentadora. Ter sete diferentes tipos de reverb, num único pedal de tamanho compacto, com entrada e saída estéreo e com a capacidade de salvar cada configuração em cada um dos sete modos. Parece um sonho para os amantes de sonoridades etéreas e ambiências de maneira geral. Não que esse tipo de pedal já não exista, e num tamanho ainda menor, mas não deixa de ser surpreendente como os chineses vem cada dia mais conquistando seu espaço no mercado, com ótimos produtos e preços super competitivos. E o FS-02 Reverb se encaixa exatamente nessa categoria.

São sete tipos de reverb presentes no pedal: Room, Hall, Church, Cave, Plate, Spring e Mod. E mesmo com 7 tipos de reverb me causou estranheza a ausência de um Shimmer, que é um tipo de reverb extremamente popular hoje em dia. O modo Church tem um shimmer na cauda mas é bem suave. O modo Room simula a ambiência de um quarto pequeno, com um decaimento bem rápido. É um algorítmo bem interessante para quem quer dar apenas uma “molhada”no som e bem legal para usar com drives. O Hall já oferece um reverb bem “maior”, ben interessante para quem gosta de utilizar o efeito bem carregado para ambiências. O modo Church é outro que é excelente para criar texturas e climas, mas como mencionei anteriormente, o shimmer é bem discreto nele. O modo Cave simula a reverberação de uma grande caverna e, apesar de soar diferente dos modos Hall e Church, acaba tendo uma função semelhante a deles, tendo uma característica sonora um pouco mais fechada que as dos demais algorítmos.

O modo Plate simula uma placa de reverb muito utilizada em estúdio e funciona muito bem tanto para timbres mais curtos como também para sonoridades com uma ambiência maior. O Spring oferece a simulação de um reverb de molas e tem um timbre bem honesto. Utilizei bastante, já que é uma das minhas sonoridades favoritas do efeito. Se você carregar no decay ele  vai soar maior e mais long do que um tanque tradicional. O último algorítmo do FS-02 é o MOD e posso dizer que foi o que mais me surpreendeu. Eu não curto tanto reverb modulado, especialmente utilizando ele muito carregado, mas aqui a situação foi bem diferente. Eu continuei não utilizando o reverb tão carregado, mas as sonoridades que ele entrega são muito musicais e inspiradoras e preenchem muito espaço. Ótimo para fazer uns swells. Realmente bem legal!

O FS-02 Reverb é um pedal que vai agradar em cheio quem gosta do efeito. Os sete modos soam bem e os controles de equalização e pré-delay acabam trazendo ainda mais opções para quem quer customizar o seu som e ampliar as possibilidades, como deixar as caudas das ambiências mais escuras, ou utilizando o knob pré delays para criar quase um “ping-pong” reverb! E você ainda pode salvar presets! Vale muito a pena conhecer esse pedal tanto pelos timbres que ele oferece como pelo preço, que o torna uma opção difícil de ignorar. Belíssima opção para quem não abre mão de bons timbres de reverb e não quer/pode gastar muito!

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Para a quantidade de algorítmos que possui, dá para dizer que o FS-02 tem uma operação bem simples. E com a capacidade de salvar presets para cada um dos modos (1 por modo) fica mais fácil de explorar o pedal e salvar o som que você criou. São muitos sons e dá para passar horas brincando com esse pedal!

Regulagem Favorita

Level: 11:00h

Hi-Cut:  02:00h

Lo-Cut: 12:00

Decay: 11:00h

Pre-Dly: 11:00h

Modo: Plate

2 Comments

  1. Mateus Vitor disse:

    Léo, qual a diferença no uso ou até mesmo no som do pedal quando a luz está vermelha ou azul ? O que seria o o “tails´´?
    Não encontrei ninguém na Internet falando sobre. Obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349

Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349