Review: ARP-87 Walrus Audio

True Spring Reverb
outubro 25, 2018
Immerse MKII
outubro 29, 2018

Review: ARP-87 Walrus Audio

 

Acabamento/Construção/Embalagem

Desde o seu surgimento no mercado, a Walrus Audio é conhecida por seus ótimos acabamentos em seus produtos. Existe uma preocupação visual do fabricante com os seus pedais e isso transparece a cada novo lançamento. o ARP-87 segue o mesmo padrão de excelência do fabricante. A arte é muito bonita, com um tema espacial que combina muito bem com a proposta sonora do pedal. A pintura e os knobs são de excelente qualidade.

A construção também segue o mesmo (alto) padrão da empresa. A placa é muito bem montada com componentes e fios muito bem organizados e soldados. Os jacks para entrada e saída de aúdio assim como a entreda para fonte de alimentação, ficam na “frente” do pedal. O footswitch é do tipo “soft” e não tem alquele clique na hora do acionamento e o pedal pode ser alimentado apenas através de fonte (9v, padrão Boss). Em uma das laterias do pedal existe uma entrada para a utilização de um tap tempo externo, caso seja desejo do músico. Meu únicos “senões” para a construção do ARP-87 ficam para os controles de ratio e program, que na minha humilde opinião, deveriam possuir um “click” para indicar a mudança de parâmetro. Isso facilitaria a utilização, evitando mudanças acidentais de configurações. E para aproximidade dos footswitches de acionamento do pedal e do tap. É um ganha/perde, já que o pedal fica bem compacto, num ótimo tamanho para pedalboards, mas a proximidade dos footswitches, na hora do vamo ver pode incomodar. Quem tem o pé maio então precisa de cuidado redobrado para não desligar o pedal quando for acionar o tap.

A embalagem é muito bonita, toda na cor preta com a logo do fabricante estampada em todos os lado. Acompanham o pedal adesivo, palheta, pézinhos de borracha e um manual muito bem ilustrado, explicando em detalhes o funcionamento do pedal. E usaram apenas uma folha para isso. Muito legal!

 

Timbres

O ARP-87  é um delay compacto e cheio de recursos, com uma grande quantidade de timbres de delay que certamente vão te inspirar. Ele quatro algoritmos principais: digital, analógico, lo-fi e Slap back, com isso ele pode cobrir um terreno bem vasto no mundo dos ecos e repetições. O que é legal é que os 4 algorítimos soam bem distintos mas ao mesmo tempo você não precisa alterar completamente as configurações na mudança de um para outro.

O modo de delay digital possui repetições cristalinas, perfeitas para riffs rítmicos. Nâo é dos digitais delays mais brilhantes mesmo nas configurações mais altas no controle de tonalidade. Mas ele soa incrivelmente bem e dá para criar bastante coisa com ele, especialmente ao adicionarmos modulação. O algorítimo analógico vai proporcionar aquelas repetições quentes e que vão se degradando com o passar das repetições. Provavelmente não serão as repetiçõies mais escuras que você já ouviu, o que por um lado é interessante, já que as repetições ficam mais acomodadas dentro da mix, sem correr tanto o risco de embolar tudo. Também é bastante divertido adicionar modulações aqui (através do controle X). Eucreio que esse modo analógico será perfeito para quem está acostumado apenas com delays digitais e quer dar uma variada, disposto a explorar as sonoridades e segredos dos bucket brigade.

Mas se você procura algo diferente e/ou sonoridades distintas, pode se dar por satisfeito. O modo Lo-Fi pode oferecer aquilo que você procura. Eu diria que é o algorítimo com mais personalidade no ARP-87. Aqui você pode encontrar sonoridades bem interessantes com as repetições prolongadas e longos delays. Aqui, o controle X trabalha adicionando um filtro ao efeito, oque pode ajustar a faixa de freqûencia para como se você estivesse ouvindo uma rádio AM ou um televisor antigo.  E quando você acrescenta um reverb em conjunto com o ARP nessa configuração, a viagem é garantida! O modo slap back vai oferecer aquela sonoridade clássica para quem curte chicken pickin. Mas você ainda consegue arrancar algumas boas surpresas dele quando utilizado em conjunto com o controle de subdivisões de tempo.

Se você curte delays, certamente vai adorar o ARP-87. Ele é compacto e soa muito bem em todas as suas configurações. Utilizei-o tanto sozinho no board como em conjunto com outros delays e sempre funcionou muito bem. O modo Lo-Fi proporcionou um das sonoridades mais legais que eu já utilizei em delays e mesmo que não se aplique a todas as músicas de um repertório, basta girar um knob que você já tem outras sonoridades à disposição. Baita produto da Walrus!

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Apesar dos 6 knobs, o ARP-87 não é dos mais difíceis de se utilizar. A maioria dos controles é auto-explicativa e caberá ao usuário entender como funciona a interação entre eles. O controle X oferece a mesma função em 3 dos 4 modos e o controle dampen trabalha como um controle de tonalidade. A curva de aprendizado é bem rápida e as possibilidades de ótimos timbres são inúmeras! Boa viagem sonora!

 

Regulagem Favorita

Level: 12:00h

Dampen: 12:00h

Repeats: 13:00h

Ratio: 11:00h

X: 09:00h

Program: 07:00h

1 Comentário

  1. Junior disse:

    Que delay ESPETACULAR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *