Review: Benson Preamp

MOOD
junho 27, 2019
Okto
julho 1, 2019

Review: Benson Preamp

 

Acabamento/Construção/Embalagem

A Benson Amps é uma empresa que vem fortalecendo o seu nome cada vez mais no mercado de amplificadores valvulados. Já é possível notar lá fora diversos músicos utilizando seus produtos e outros tantos desejando-os. O Preamp é a primeira iniciativa do fabricante no universo dos pedais. O acabamento é primoroso, com uma ótima pintura e a aplicação das inscrições no pedal é muito visível e fácil de identificar. A cor padrão do pedal é cinza, mas é possivel encontrar algumas cores customizadas para algumas lojas lá fora.

A construção do pedal é excelente, com uma placa muito bem montada se utilizando de ótimos componentes. Os jacks para entrada e saída de áudio ficam na parte “da frente” do pedal assim como a entrada para fonte de alimentação (9v, padrão Boss).  O pedal ainda permite a alimentação via bateria. Os jacks, knobs e footswitch também são de ótima qualidade.

A embalagem é de papelão toda personalizada com logos do fabricante. Acompanham o pedal um manual simples (mas funcional e explicativo) e um adesivo com a logomarca do fabricante. Simples e eficiente.

 

Timbres

A idéia do Benson Preamp é recriar os timbres do Chimera 30W, o amplificador mais vendido da marca num pedal. Para isso foram utilizados Fet’s (Field Effect Transistors ou Transistores de Efeito de campo) no lugar das válvulas para o circuito. A proposta de proporcionar a experiência de um “amp in-a-box” de uma marca relativamente nova é bem interessante, ainda mais quando a marca possui um voicing próprio, saindo do lugar comum dos amps já conhecidos. Não é que se trata de algo totalmente revolucionário, mas um amplificador com um DNA um pouco diferente já pode fazer a diferença para quem procura novas possibilidades.

Me impressionou bastante a versatilidade do Preamp. A seção de equalização é muito equilibrada e musical com os controles de graves e agudos atuando de maneira bem eficiente, sem soar exagerados em nenhuma configuração. Os agudos estão lá sem serem irritantes e os graves não tem a tendência de embolar o timbre, mesmo numa configuração “alta”. O controle de ganho também é funcional em todo o seu curso oferecendo ao músico a possibilidade de utiliz-alo de diversas formas dentro do pedalboard. De booster a fuzz sem perder a classe. Tenho que admitir que no início fui estranhando um pouco a sonoridade do pedal com altas quantidades de ganho e um timbre mais “fuzzy”. Até comentei isso no vídeo que gravei. Com o tempo fui me acostumando ao timbre e com ajustes na equalização o pedal soa bem em praticamente qualquer situação.

O Preamp  é o tipo de pedal que até ligá-lo você não sabia que precisava tanto dele. Ok, precisar é um exagero. Mas se trata de um BAITA pedal. Funciona em diversos contextos musicais e pode cumprir deviersas funções dentro do pedalbaord, e em todas delas fornecendo timbres pra lá de competentes. Testei o pedal com diferentes guitarras e amplificadores e os resultados foram excelentes, sendo necessários apenas pequenos ajustes para ajustar o pedal ao equipamento.

Se você anda a procura de um overdrive de baixo ganho do tipo “transparente”, ou de um ótimo clean booster. Se quer um Fuzz com um voicing diferente ou um overdrive com bastante ganho, sustain e personalidade você precisa dar uma olhada no Preamp da Benson. Sua busca por um pedal versátil e definitivo para o seu pedalboard pode ter chegado ao fim

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

A dificuldade aqui vai ser em desligar o pedal. O Preamp é super simples e intuitivo de se utilizar. E como é virtualmente impossível tirar um timbre ruim dele. Explore bastante os controles de equalização para uma melhor adequação ao setup.

Regulagem Favorita

Volume: 12:00h

Gain: 11:00h

Bass: 13:00h

Treble: 12:00h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *