Review: Big Smurff Ed’s Mod Shop

Soleman MIDI Foot Controller
setembro 27, 2016
Shin-Juku Drive
setembro 30, 2016

Review: Big Smurff Ed’s Mod Shop

 

thumb_7x7a3959_1024

Acabamento/Construção/Embalagem

O Acabamento dos pedais da Ed’s Mod Shop é bem particular, pois todos são pintados à mão pelo próprio Ed Bonatto, o que acaba conferindo aos pedais um certo ar de exclusividade, já que mesmo possuindo um padrão, o fato de serem pintados  um a um proporciona diferenças(bem vindas) aos pedais. O Big Smurff é (bem) pintado num bonito azul sparkle, com adesivos do nome do fabricante e controles muito bem colocados.

A construção dos pedais do fabricante tem se mostrado sólida e houve uma evolução na questão da placa e montagem de componentes. Infelizmente esse modelo veio com a placa toda coberta, impedindo uma melhor análise. Eu entendo a preocupação do fabricante em esconder as suas modificações e componentes, afinal estamos no país onde tudo se copia, mas particularmente não gosto dessa prática, seja ela feita por um fabricante nacional, ou de fora. O pedal pode ser alimentado por fonte padrão (9v) ou bateria.

A embalagem é no padrão estabelecido no mercado (caixa branca), com a logo do fabricante impressa na parte superior da caixa. Acompanham o pedal uma palheta personalizada com a logo do fabricante (bacana) e um cartão.

 

Timbres

O nome desse pedal já vai remeter você a uma referência meio óbvia, correto? É impossível não lembrar do clássico da EHX. Mas essa referência é uma meia verdade. Mas por que?

Se você está achando que esse modelo é mais uma réplica do Big Muff está enganado. Não se trata nem mesmo de um Muff. A proposta do Big Smurff é a de ser um overdrive, com algumas características de um bom muff, e olha, o resultado é bem bacana!

A primeira característica que chama a atenção na sonoridade do pedal são os médios destacados, o que faz com o que a sonoridade desse pedal se destaque perfeitamente dentro de uma mix na banda. O Som é gordo, encorpado e com sustain pra dar e vender! Outro ponto a destacar é a quantidade de ganho que esse pedal possui. Ele pode facilmente substituir um pedal de distorção no pedalboard, tendo a vantagem de possuir os médios destacados que eu já citei e além disso, possui uma excelente definição em notas e acordes, mesmo com quantidades elevadas de ganho. O controle de tone funciona cortando os agudos durante o seu cursor. E é plenamente utilizável em quase todo o seu curso.

Não espere encontrar versatilidade nesse pedal. Longe disso. O Big Smurff tem uma proposta bem definida e com um som pronto, que se sai melhor em sonoridades de médio/alto ganho. Outra detalhe bacana é que ele se saiu bem em diversas situações, com guitarras e amplificadores diferentes. Com humbuckers com saída mais alta as sonoridades se aproximam de um timbre de fuzz, mas nada que fuja do controle.

Se você está procurando um overdrive forte, com um voicing diferente, pode apostar que o Big Smurff será uma ótima opção no seu arsenal.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O Big Smurff é um pedal super simples de se usar. Vai direto ao ponto e o timbre já está lá, sem que seja necessário perder muito tempo pesquisando por regulagens.

Regulagem Favorita

Vol: 11:00h

Gain: 13:00h

Tone: 14:00h

quadro-big-smurff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *