Review: DD-3T Boss

Rooms
fevereiro 27, 2020
Oceans 12
março 3, 2020

Review: DD-3T Boss

Acabamento/Construção/Embalagem

É difícil você analisar os produtos de uma empresa que simplesmente definiu o padrão de um mercado. Os pedais da BOSS são (re)conhecidos pelo seu padrão, qualidade e resistência. Tudo é extremamente profissional e o acabamento do DD-3T segue o consagrado padrão da empresa e mais, segue o padrão dos delays digitais da empresa, estabalecido pelo vôvô DD-2. A identificação visual é imadiata e você já sabe, de longe, que se trata de um delay da Boss.

A construção é no padrão altíssimo que colocou o fabricante no patamar em que ele se encontra atualmente. Placa, componentes, jacks e knobs, tudo de altíssimo nível. Como em toda a linha compacta, os jacks para entrada e saída de aúdio ficam nas laterais do pedal, assim como jacks para direct out e para um tap tempo externo. O pedal pode ser alimentado através de bateria ou fonte 9v.

A embalagem segue o novo padrão da empresa, sendo toda preta com a logo da Boss em Azul e as demais informações em branco. Devo admitir que sinto saudade das caixas coloridas com as cores do pedal. Eram mais charmosas. Dentro da caixa, além do pedal, vem certificado de garantia e um manual escrito em 37 idiomas e que precisa ser dobrado 96 vezes para voltar a caixa. Ok, é um exagero! Mas é um negócio bem ruim de manusear e de colocar de volta na caixa. Tudo em nome da produtividade e da praticidade da empresa, eu entendo. Mas particularmente, não curto.

Timbres

O DD-3 não se tornou um clássico e o pedal de delay mais vendido de todos os tempos à toa e continua sendo vendido ininterruptamente desde 1986. Foi um pedal que definiu e moldou todo o mercado de delays e que continua relevante até hoje. O DD-3T mantém as sonoridades limpas e clássicas do seu antecessor adicionando um toque de modernidade.

São quatro modos, sendo três diferentes tempos de delay (para uma regulagem mais rápida) e a função short loop. Na função de 50ms o pedal funciona muito bem para sleepbacks ou ainda produzindo um timbre “metálico” bem interessante para se utilizar tanto sozinho como combinado com um overdrive. Nos outros modos as repetições se sobressaem mais e podem oferecer desde repetições curtas apenas para dar aquela sensação de movimento ao timbre até levadas rítimicas de colcheia pontuada.

Com a função de tap tempo, o pedal se tornou muito mais versátil, já que não é preciso ficar se abaixando para fazer quaisquer ajustes de tempo. Eu gosto bastante de delays digitais para produzir sonoridades mais rítimicas numa onda baseada no timbre do The Edge. Pra mim, para essa função, os analógicos acabam “embolando” um pouco o som devido a degradação das repetições. No caso dos digitais, elas permanecem fiéis e claras Utilizei em mais de uma ocasião do DD-3T como único delay no pedalboard e ele se saiu muitíssimo bem em diferentes aplicações.

O DD-3T já nasce com uma bagagem de mais de 30 anos, mas totalmente atual e relevante. Para quem não precisa de 1 milhão de recursos,efeitos diversos, presets e etc, ele já chega como uma das melhores opções para quem procurar simplicidade sem abrir mão de bons timbres.

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O DD-3T vai te oferecer ótimos timbres de delay sem que você precise ler um manual com o auxílio de um engenheiro da NASA para programar seus delays. Aqui, simplicidade e praticidade andam de mãos juntas em favor do músico. Em poucos minutos você já encontra a sua regulagem favorita e começa a tocar, com ótimo sons de delay.

Regulagem Favorita

E. Level: 11:00h

Feedback: 12:00h

Time: 11:00h

Mode: 800ms.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *