Review: Goldrive Greenhouse Effects

Digitech Polara!
dezembro 3, 2014
Wampler Cranked OD!
dezembro 5, 2014

Review: Goldrive Greenhouse Effects

Goldrive

 

Acabamento/Construção/Embalagem

Uma das principais características da Greenhouse Effects é a arte que identifica os seus pedais. A empresa (de forma um tanto mórbida, vamos concordar) resolveu “homenagear” artistas do Clube dos 27 ( Não sabe o que é clube dos 27? www.google.com.br). Quem ilustra o Goldrive é a Janis Joplin.

O Acabamento do pedal é extremamente competente. Não foi encontrada nenhuma falha de pintura durante a análiseGoldrive3 e a escolha inusitada das artes acaba destacando os pedais do fabricante. A Construção também é bastante eficiente, mas o trabalho que deu abrir esse pedal foi coisa de cinema. Não tentem isso em casa.  A configuração dos parafusos dificulta a vida de quem gosta de fixar velcro com os mesmos. Um detalhe que me agrada é a colocação dos jacks de in/out na parte “superior”do pedal, o que ajuda a economizar espaço no pedalboard. O pedal só pode ser alimentado por fonte 9v (padrão Boss).

A Embalagem é simples, mas eficiente. A Caixa é adesivada com partes de artes de vários pedais, o que a torna de fácil identificação. O pedal vem embalado num saco de pano e vem acompanhado de uma (bonita) palheta do fabricante. O pedal não acompanha manual.

Timbres

A primeira coisa que tem que ser dita aqui é que o Goldrive foi feito para ser usado com Humbuckers. O próprio fabricante deixa isso claro em sua página. Quer dizer que não dá para usar com Single-Coils ou P-90’s? Não. Quer dizer que ele vai se sair melhor com Humbuckers. Bem melhor, vale salientar.

O Goldrive é um pedal de médio ganho, que deve agradar a turma que toca Blues, Rock, Power Pop e vertentes. É um overdrive transparente e com uma ótima dinâmica quando trabalhado junto ao controle de volume da guitarra. O Goldrive4controle “Gold”(tone) é bastante atuante oferece uma variedade legal de possibilidades e trabalha muito bem em conjunto com o controle de ganho.

Você vai encontrar ótimos timbres de “crunch” aqui. Ao se utilizar essas sonoridades em conjunto com as de um amplificador valvulado saturado, o resultado será excelente. Um rico e “harmônico” Overdrive. O Goldrive também funciona muito bem em amplificadores “limpos”, oferecendo ganho, sustain e compressão para um bom rock’n roll. Não espere encontrar aqui sonoridades para estilos mais extremos. Apesar disso, o modelo oferece uma boa gama de timbres.

Um ponto negativo é que o pedal se mostrou bastante propenso a captar interferências, especialmente com single coils.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Um Overdrive de três controles não tem muitos segredos. Aliás, poucas coisas são mais simples de se usar como um pedal com essas características. Os controles interagem bem entre si e a curva de aprendizado do pedal é muito rápida. O controle de tone é bem equilibrado mas pode soar um pouco ríspido em alguns ajustes mais extremos. A relação volume x ganho também pode proporcionar bons momentos, já que com o volume no pedal ajustado para muito volume, algumas frequências aparecem e dão uma colorida interessante ao timbre. No mais, é plugar e sair tocando!

Goldrive2

Regulagem Favorita

Volume: 12:00h

Tone: 13:00h

Gain: 13:ooh

quadro - Goldrive

pee
pee

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *