Review: Lotus Overdrive RAD Custom Shop

E chegou a Kittycaster FX!
7 de abril de 2022
Habit
11 de abril de 2022

Review: Lotus Overdrive RAD Custom Shop

Acabamento/Construção/Embalagem

A Rad Custom Shop vem se firmando no mercado e mantendo uma boa consistência em seus projetos com diversas séries dentro da sua linha, cada uma com uma proposta de arte/acabamento diferente o que facilita bastante na hora de identificar a que linha um pedal pertence. O Lotus overdrive pertence a Main Series. A unidade que foi analisada nesse review é a edição de aniversário, que possui cores diferentes da edição regular. Nessa verão as cores são preto e prata, num acabamento impecável. As inscrições são na cor branca, o que facilita bastante a identificação dos controles com um contraste interessante com os knobs pretos.

A construção do Lotus é bem sólida, com uma placa muito bem montada e organizada, com bons componentes. Os jacks de entrada e saída de áudio ficam nas laterais do pedal. A entrada para fonte de alimentação fica abaixo do jack de entrada de áudio. Ele pode ser alimentado por fonte 9v ou 18v, centro negativo (padrão Boss).

A Embalagem da RAD é bem simples mas funcional. O padrão da empresa é utilizar uma caixa de papelão carimbada com a logo da empresa na parte superior. A surpresa fica para o interior recheado de mimos. Vieram dentro da caixa diversos adesivos da empresa, palheta e no caso dessa edição de aniversário uma carta assinada e e com o número de série do pedal. Bem legal!

Timbres

O Lotus é baseado no timbre do lendário amplificador Dumble Overdrive Special. Como a grande maioria dos mortais, eu nunca toquei num amplificador Dumble. Assim sendo, eu não posso informar o quão próximo ele é do timbre real do amplificador, mas particularmente eu acredito que nenhum pedal deveria carregar essa responsabilidade de soar como um amplificador real. São produtos diferentes, para funções diferentes. Com esse entendimento dá para extrair o que cada um tem de melhor. Depois desse preâmbulo posso dizer Lotus é um pedal de overdrive bem legal!

Eu gosto de definir o Lotus como um overdrive elegante pelo timbre que ele oferece. É um drive de médio ganho, que possui as frequências bem equilibradas. É um pedal muito fácil de encaixar em um pedalboard para diferentes necessidades e que acaba sendo muito útil por conta disso. Ele pode trabalhar muito bem na função de overdrive de primeiro estágio, com baixo ganho. Ele vai entregar um timbre macio e levemente saturado que pode funcionar tanto para acordes (sem perder definição das notas) como para passagens que se queira destacar, onde ele funcionaria quase como booster. Os controles de tone e voice contribuem bastante para ajustar o pedal a cada setup. O controle voice funciona como um complemento ao controle de tone, entregando um pouco mais de brilho ou deixando a sonoridade um pouco mais fechada. Quase como um controle para um “ajuste fino” na sonoridade.

O Lotus também entrega um ótimo resultado quando utilizado na função de overdrive de segundo estágio. Funciona muito bem para diversas vertentes de rock e com o ganho na posição máxima ele chega a flertar com distorção, podendo ser utilizado até para estilos mais “pesados” como Hard Rock (especialmente se você estiver utilizando humbuckers). Voltando aos controles de tone e voice, eles foram bem úteis para ajustar o pedal a guitarra que eu estava utilizando. Caso eu estivesse utilizando um instrumento com humbuckers, abri um pouco mais os controles para um timbre um pouco mais agudo e com mais brilho, equilibrando com a sonoridade mais fechada dos captadores. Numa guitarra com single coils, fiz o processo contrário e o resultado também foi bem legal!

Esse é o tipo de overdrive que vai agradar um monte de guitarristas. O Lotus oferece um timbre equilibrado e doce que pode ser bastante útil em diversos estilos, sempre de maneira muito eficiente e musical. Não é de se estranhar ser um dos pedais mais vendidos da RAD. Se você está em busca de um overdrive com um voicing bem interessante, com certa dose de versatilidade e simples de usar, recomendo uma boa olhada no Lotus. É um overdrive que tem capacidade para ocupar espaço e fazer diferença nos pedalboards pelo país afora.

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Não há segredos no Lotus. Os controles são de fácil operação e entendimento o que torna o pedal muito simples de se usar. O controle de tonalidade tem um alcance interessante e o voice serve para dar um ajuste fino na tonalidade geral da sonoridade.

Regulagem Favorita

Volume: 12:00h

Gain: 11:00h

Tone: 1:00h

Voice: 1:00h

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.