Review: Spiralux Velouria FX

Blackhole Reverb
setembro 17, 2020
Pitch Fork+
setembro 21, 2020

Review: Spiralux Velouria FX

 

Acabamento/Construção/Embalagem

Mesmo com relativamente pouco tempo de mercado, a Velouria FX já possui uma identidade própria e o acabamento dos seus pedais é bem característico. A solução de manter a cor de toda a linha de pedais uniformizada poderia ser um risco de deixá-la pouco interessante, visualmente falando, mas a variação nas artes dos pedais é bem interessante (e abstrata!) e o padrão se mantém aqui no Spiralux. A pintura é muito bem feita e todas as inscrições no pedal são bem visíveis. Talvez a única coisa que você tenha alguma dificuldade de enxergar à distância (Míopes, uni-vos!) são as imagens das fuguras rítimicas. De resto, tudo muito funcional.

A construção também mantém um padrão muito bom, com uma placa bem montada sem sobras de solda ou fios desorganizados. Os jacks para entrada e saída de áudio de ádio ficam “na frente” do pedal, assim como a entrada para alimentação do pedal, que deve ser feita por fonte padrão, 9v. Um detalhe que eu gostaria que houvesse no peda é um “clique” nos knobs responsáveis pelas figuras rítimicas e tipos de onda. Seria mais fácil identificar quando houvesse a mudança de configuração.

A embalagem é o elo fraco nesse primeiro conjunto de avaliação. O pedal é enviado numa caixa bem comum com apenas um carimbo com a logo da empresa. O fabricante já me disse que vai dar um pouco mais de atenção a esse quesito. Acompaanham o pedla adesivo e palheta.

Timbres

A história dos tremolos remete a alguns amplificadores da década de 50/60 que possuiam esse efeito integrado em seu circuito. Desde então o tremolo passou a ser um efeito muito desejado entre guitarristas, pois pode oferecer funções rítmicas e/ou de profundidade bem interessantes. Como é um efeito relativamente  simples, o que vai diferenciar e distanciar um modelo de outro são as opções que cada um oferece. E nesse caso, o Spiralux está muito bem servido.

As oito diferentes formas de onda que estão disponíveis no Spiralux oferecem umas possibilidades bem interessantes. Obviamente que são variações dentro de uma mesma proposta, mas que mesmo assim oferecem nuances que podem ser muito bem aproveitadas. Vale ressaltar que o knob Shape interage diretamente com a onda escolhida, atuando na distorção da onda.  Os outros knobs de volume, velocidade e profundidade são simples de se usar e bem funcionais. Só nessa combinação de tipo da onda com o controle shape as possibilidades são bem grandes!

O knob relativo as figuras rítmicas foi o que eu menos usei, até pela presença do tap tempo no pedal, mas ele é bem útil em alguma ssituações em que você precisa de um tremolo super rápido, ou dependendo da combinação com a forma de onda selecionada. algo mais percursivo. O Tap funciona muito no Spiralux e é bem útil para ajudar a sincronizar o tempo do tremolo com a levada da música que você está tocando/acompanhando.Outra forma bem interessante de utilizar o Spiralux é como uma espécie de booster. Deixando o volume numa configuração alta e o depth numa configuração baixa você consegue uma textura bem legal para trabalhar com um overdrive, abrindo as possibilidades para novas sonoridades.

O Spiralux é um ótimo pedal de tremolo e com a quantidade de recursos que oferece, pode se tornar uma ótima ferramenta para se ter no pedalboard. Oferece ótima versatilidade com opções variadas, bons timbres num tamanho compacto que vai caber no seu pedalboard. Se você gosta de tremolos (como eu) vai adorar. Se (ainda) não gosta, não sabe o que está perdendo!

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Apesar da quantidade de knobs o Spiralux é um pedal bem simples de se usar. Vale a pena explorar cada tipo de onda e a interação entre os controles shape com a forma da onda selecionada e em diferentes configurações de profundidade.

Regulagem Favorita

Swape: 5:00h

Level:  4:00h

Speed: 12:00h

Depth: 3:00h

Wave: 4

Multi: 3

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *