Review: Talons Earthquaker Devices

Novidades Fire Custom Shop!
dezembro 15, 2017
Review: Acapulco Gold Earthquaker Devices
dezembro 19, 2017

Review: Talons Earthquaker Devices

 

 

Acabamento/Construção/Embalagem

Os pedais da Earthquaker Devices já tem um padrão reconhecidos no mercado por sua qualidade. O Talons não poderia ser diferente. O pedal possui uma cor muito bonita (Cobre? Marron?) e a arte e inscrições do pedal são muito bem executadas.

A construção é bem robusta, com uma placa bem montada e fixada e se utilizando de bons componentes. O Talons pode ser alimentado via fonte (9v ou 18v, padrão boss) ou por bateria. Outro detalhe legal é que as entradas de in e out e a entrada para fonte ficam na parte superior do pedal, o que ajuda bastante na hora de colocá-lo num pedalboard.

O fabricante reformulou a sua embalagem e deu a seus produtos uma “cara”ainda maior de exclusividade. As caixas agora são facilmente identificáveis e acompanham o produto manual, adesivos e palheta. Excelente!

Timbres

Vou começar falando do que, para mim, é a grande sacada e o grande diferencial do pedal: A seção de Equalização. Os controles de graves, médios, agudos e presença proporcionam ao músico uma versatilidade e uma variedade absurda de sonoridades.

A quantidade de controles do Talons é bem fora do comum para um pedal de overdrive e pode assustar alguns. Mas apesar disso não é um pedal que vai causar muita dor de cabeça para operação e compreensão de como conseguir os melhores timbres. Mas vale bastante a pena investir um tempo pesquisando e entendendo como funcionam os controles de equalização do pedal e a abrangência deles. O resultado compensará bastante.

O alcance do controle de ganho é admirável. Você consegue utilizar o Talons como um clean boost (reduzindo significativamente o controle de ganho e trabalhando com a equalização como melhor lhe convir), como overdrive de médio ganho ou como uma distorção poderosa. Não é qualquer pedal que compre todas essas funções de maneira eficiente, mas o Talons corresponde bem as expectativas.

Testei esse modelo em diferentes guitarras e amplificadores e o resultado foi muito bem em todas as combinações, com singles ou humbuckers, e em amplificadores valvulados ou transistorizados. Com Les Paul os timbres foram encorpados e agressivos, ótimos para Hard Rock e até alguns lances de metal setentista. Com Singles (e menos ganho) as sonoridades para Rock’n Roll foram bem convincentes. Uma pena que não exista uma maneira rápida de trocar as configurações e armazenar presets.

O Talons foi uma grata surpresa! Quando gravei as minhas primeiras impressões sobre ele, comentei que achava que ele seria apenas um pedal de alto ganho. Ledo engano! O Talons é extremamente versátil, com ótimas variações de ganho e uma poderosa seção de equalização!

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O Talons é um pedal de muitas possibilidades. As três bandas de equalização proporcionam uma variedade enorme de timbres, então vale a pena investir um tempo pesquisando todas essas opções. O range do controle de ganho também é bem amplo e passível de ser explorado em quase todas as posições.

O Talons não é difícil de se usar, mas um tempo em pesquisa vai proporcionar a você o melhor que esse pedal tem a oferecer.

 

 

Regulagem Favorita

Level: 12:00h

Presence: 10:00h

Drive: 13:00h

Treble: 12:00h

Middle: 13:00h

Bass: 12:00h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *