Review: Tumnus Wampler Pedals

Primeiros pedais da Universal Audio!
fevereiro 18, 2021
Twin Trouble
fevereiro 22, 2021

Review: Tumnus Wampler Pedals

 

Acabamento/Construção/Embalagem

Os pedais da Wampler tem um ótimo nível de acabamento e o Tumnus não poderia ser diferente. A pintura é muito bem executada assim como as inscrições no pedal. Obviamente, por ser um pedal bem pequeno não é tão fácil de ler as inscrições no mesmo (ajudem os guitarristas míopes!), mas como são apenas três knobs isso não chega a ser um problema. A cor escolhioda também faz referência ao clássico Klon Gold.

A construção também é excelente com a placa bem montada e bons componentes. Os jacks para entrada e saída de áudio ficam nas laterais do pedal e a entrada para alimentação do pedal fica na “frente” do mesmo. O Tumnus deve ser alimentado através de fonte 9v, centro negativo (padrão Boss). Vale lembrar que o Tumnus é buffered bypass (assim como o pedal na qual ele é baseado).

A embalagem da Wampler é simples e bonita. A caixa de papelão é na cor preta com detalhes e a logo do fabricante em branco e uma foto do produto em uma das laterais da caixa. O pedal vem muito bem embalado em um saquinho de pano bem legal (com a logo do fabricante impressa) e acompanham o pedal adesivos e pézinhos de borracha. Por mais simples que seja o pedal, acho importante a presença de um manual, já que nunca se sabe nas mãos de quem o pedal vai cair. Mas o pedla não veio acompanhado de um.

Timbres

Se você está lendo esse texto é MUITO provável que conheça toda a hype e mitologia que cercam o Klon Centaur. A proposta do Tumnus é ser uma opção compacta e viável (financeiramente falando) ao lendário pedal. É um overdrive de apenas três controles mas que pode exercer diferentes funções dentro do pedalboard. Deixem-me logo tirar o elefante da sala: Sim, eu já toquei no Klon Original (de um amigo) mas faz bastante tempo. Então não tenho mais a referência sonora do original e não posso afirmar o quanto o Tumnus é parecido com o original ou não. O que posso afirmar é que é um ótimo overdrive.

A maioria dos guitarristas que gostam desse tipo de circuito e o utilizam nos seus pedalboards o fazem pela “transparência” do timbre e em configurações baixas de ganho. E o Tumnuns pode ser utilizado muito bem nessa função. É um pedal que trabalha muito bem empurrando um amplificador valvulado e/ou outros pedais de overdrive/distorção sem descaracterizar o timbre de outro pedais e amplificador. Ele carrega no seu DNA sonoro frequências médias que também ajudam o timbre a se destacar na mix no contexto de uma banda. O controle de Treble funciona como um corte de agudos nesse circuito. Não vai ser dos controles de tonalidade mais versáteis que você vai ver por aí, mas funciona bem. Uma coisa que me incomodou um pouco no Tumnus foi uma sobra de graves no timbre, especialmente quando eu pude utilizá-lo ao vivo e com humbuckers. Eu diria até que essa é uma característica dos pedais de drive da Wampler como um todo (pelo menos dos que eu pude testar). Mas não é nada que desmereça o pedal ou que me impediu de colocá-lo no pedalboard em diversas situações.

Eu também explorei o Tumnus como overdrive de segundo estágio e ele se saiu muito bem. Ele pode oferecer timbres de médio ganho com uma compressão discreta e médios destacados que ajudam bastante o timbre da guitarra. Não espere nada de alto ganho, mas para uns riffs de rock mais agressivos e linhas melódicas ele funcionou muito bem, com a virtude de ainda limpar muito bem quando se utiliza o controle de volume da guitarra. Fui capaz de alternar timbres de primeiro e segundo estágio apenas utilizando o instrumento e foi um recurso para lá de útil. O controle de ganho oferece um range bem interessante, possibilitando a utilização do pedal de diferentes formas como já mencionei acima.

Seja como booster ou overdrive, o Tumnus é uma ótima e compacta ferramenta para se ter no pedalboard que o ajudará a destacar o timbre do seu instrumento. Não se trata de nenhuma inovação, já que o circuito e sonoridades do Klon são muito conhecidas e difundidas mundo guitarrístico afora. Mas deixando a hype de lado, fica um overdrive muito competente que realmente vai ajudar. Se não conhece esse tipo de circuito vale a pena conhecer. E se quer utilizar esse tipo de pedal sem ocupar muito espaço no pedalboard, o Tumnus é uma opção bem legal!

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

Não se deixe enganar pelos três controles que existem no Tumnus. Sim ele é super fácil de se usar mas vale a epna explorar o alcance de cada um dos controles para entender como eles funcionam e irão interagir com outros pedais e amplificador. As nuances que ele podem oferecer são bem interessantes e podem torná-lo numa ótima ferramenta.

 

 

 

Regulagem Favorita

Volume:02:00h

Treble: 02:00h

Gain: 10:00h

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *