Review: Royal Blue Overdrive Mad Professor

Catalinbread Valcoder
abril 13, 2015
Skreddy Kusanagi
abril 17, 2015

Review: Royal Blue Overdrive Mad Professor

royal 1

Acabamento/Construção/Embalagem

Os pedais da Mad Professor são fabricados na Finlândia. E com excelência, vale salientar. O Acabamento do pedal é simples e eficiente. A cor é muito bonita e a impressão muito bem feita. Não encontrei nenhum detalhe no acabamento que pudesse comprometer o resultado final do produto. Os pedais do fabricante já tem uma identidade visual própria e reconhecida pelo mercado o que é muito bacana!

A construção também é de ótima qualidade, com uma placa muito bem construída e fixada ao pedal, com ótimos componentes e tudo colocado de forma limpa e profissional. Lembrando que a Mad Professor possui duas linhas de fabricação: A Hand Wired e a Factory. O Royal Blue só está disponível na linha royal 2Factory.

A embalagem é muito bacana e complementa o produto de uma forma muito legal. A foto do pedal na caixa(A foto tem um acabamento envernizado com brilho) ajuda a identificar rapidamente o pedal e mostra como o fabricante pensou em todos os detalhes do produto. O manual também é único no mercado, com o formato e o tamanho do pedal. Tudo pensado para causar a melhor impressão possível ao músico que adquirir os produtos do fabricante. E eles conseguiram.

  Timbres

O Royal Blue Overdrive é um pedal de ganho moderado. Bem transparente e sensível a pegada e ao equipamento que você está utilizando. Utilizamos o pedal em algumas guitarras e amplificadores diferentes (inclusive em amps Solid State) e o pedal se comportou muito bem. Vou destacar de novo: Sensibilidade é o ponto forte desse pedal!

O pedal possui quatro controles: Volume, Gain, Bass e Treble. É importante destacar que o pedal possui uma equalização ativa, o que significa que você pode cortar ou destacar os médios de acordo com a configuração dos controles de Bass e Treble. Ao zerar os controles de equalização você estará destacando os médios e ao colocá-los na configuração máxima, cortando-os. Os controles de equalização são bastante efetivos e abrangentes, oferecendo ótimas possibilidades e sonoridades distintas.

royal 3Como citei anteriormente, o Royal Blue é um pedal de ganho moderado, o que faz dele uma ótima opção para Blues/Rock. Ele funciona bem tanto com pouco ganho, sendo utilizado como um crunch, como com ganho no máximo, como um overdrive para bases mais fortes e solos com bastante sustain. Lembrando que ele é True Bypass e se comportou muito bem quando utilizado em conjunto com outros pedais, sendo eles de saturação ou modulação.

Meu único senão ao Royal Blue é com relação ao knob treble, que soa um pouco áspero em algumas configurações e com guitarras com single coils. Mas nada que uma boa recuada no controle não resolva. O controle treble aliás que trabalha de forma muito similar aos controles “presence” em amplificadores.

Se trata de um ótimo overdrive e não a toa está em boards de guitarristas profissionais como no do Matt Schofield.

  Facilidade de Usar/Achar bons timbres

 A curva de aprendizada aqui é bem rápida. Apenas quatro controles e todos bem tradicionais. Invista um tempo procurando as melhores regulagens de EQ e adequando-as ao seu setup. Esse processo vai ser bem interessante e vai levar você a explorar o que o pedal tem de melhor.

Regulagem Favorita

Vol: 12:00h

Gain: 14:00h

Bass: 13:00h

Treble: 11:00h

RoyalBlue

pee
pee

1 Comentário

  1. […] Não tenho um pedal favorito. Mas no momento o que eu tenho gostado mais é o Royal Blue Overdrive da Mad […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *