Review: Gain Over Tefi Vintage Lab
fevereiro 14, 2020
Fatbee
fevereiro 18, 2020

Red Briton

Novidade da Tone Ink!

O Red Briton é o novo Marshall in a box da Tone Ink, um pedal de drive com dinâmica responsiva desde um leve overdrive a um poderoso distortion.

CHAVE DE PUNCH: Os 3 voices de”Punch” (BB Preamp, Guv’nor e Angry Charlie) permitem ajuste simultâneo de ganho e grave no estágio de distorção, ou seja, regula o quanto o pedal é “empurrado” na entrada do circuito e dando corpo a sonoridade. Para afinações baixas experimente o modo Guv, por terem graves mais moderados na entrada do circuito proporcionando mais definição nos power chords. Para solos ou single coils que precisem de mais “corpo” vale expermientar o modo Angry. O modo BB tem um corte mais intenso, permitindo mais definição em baixo ganho, remente à sonoridade do clássico “Blues Breaker”.

CHAVE DE COMP: Os 3 tipos de “Comp” determina o headroom, e a textura da distorção, posterior ao estágio de amplificação, através do controle de clipagem. O que se assemelha a sonoridade de atuação de um atenuador de potência de um amplificador valvulado: reduz o volume total e permite maior saturação nos estágios estágios de amplificação. Nas simulações: 100w proporciona mais headroom, mais volume e menos compressão; 50w uma posição intermediária; 25w bastante compressão, satura com facilidade, e menos volume que pode ser tranquilamente compensado ajustando o knob de volume.

EQ COMPLETO: Os controles de grave, médio e agudo atuam de forma ativa: adiciona e atenua frequências. O grande truque está nos médios, ajustamos a frequência de atuação para que o timbre permanecesse definido dando uma sonoridade “scoop” (cavada) e mais indicada para afinação baixa ou par simular o famoso “Brown Sound” imortalizado pelo mestre Eddie Van Halen.  O corte de médios também favorece a definição em afinações baixas e bases mais agressivas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *