Review: 22-03 Brick Overdrive Utopia FX

LVX
19 de maio de 2022
Tilt Overdrive
23 de maio de 2022
LVX
19 de maio de 2022
Tilt Overdrive
23 de maio de 2022

Review: 22-03 Brick Overdrive Utopia FX

Acabamento/Construção/Embalagem

Desde o início eu gostei bastante de como a Utopia FX estabeleceu a sua identidade visual, com um conceito muito bem definido. Alguns lançamentos depois, eles estão variando no acabamento dos seus pedais, sem deixar de lado essa identidade e o 22-03 BRICK é o mais bonito deles. A referência na arte a um amplificador valvulado é bem legal e a escolha dos knobs reforça a identidade e a mensagem quer o fabricante quer passar a respeito do tipo de sonoridade do pedal. Se você conhece um pouco sobre equipamentos já associa o timbre do pedal sem ao menos tê-lo acionado. O acabamento do pedal está muito bem feito e a arte da espaço para os nomes dos controles, que ficam fáceis de identificar.

A construção segue o ótimo padrão do acabamento, com uma placa muito bem montada e o circuito utilizando de bons componentes. A placa conta ainda com dois trimpots responsáveis por diferentes configurações do pedal (são ajuste de frequências e ganho) . Os jacks para entrada e saída de áudio ficam na “frente” do pedal, assim como a entrada para fonte de alimentação. O 22-03 BRICK deve ser alimentado com fonte padrão (9v, centro negativo) com um consumo de 15mA e não possui opção de alimentação por bateria.

A Embalagem é personalizada para todos os produtos da empresa, tendo o verde como característica. Dentro da caixa o pedal vem muito bem embalado acompanhado de um manual muito bem escrito e ilustrado, com todas as informações necessárias para a operação do pedal, além de palheta personalizada e um lenço para limpeza nas cores da empresa.

Timbres

O 22-03 BRICK é um overdrive que se propõe a recriar a textura e sons do lendário amplificador Marshall JCM800 de 100W e 1 canal, cujo código é 2203 e foi o primeiro amplificador Marshall com Master Volume, lançado em 1975. Isso já ajuda o guitarrista a entender que tipo de sonoridade ele pode encontrar nesse pedal. É sempre difícil comparar o timbre de um pedal ao de um amplificador de 100w, mas posso dizer sem medo que o 22-03 BRICK faz um belíssimo trabalho.

A primeira coisa que me chamou a atenção no pedal foi a facilidade com o qual ele “limpa” ao se utilizar o controle de volume da guitarra. Fui capaz de utilizá-lo em Gig’s inteiras o tempo todo ligado, mesmo num repertório onde eu não precisava de grandes quantidades de ganho. E com essa característica ele se tornou muito útil, já que a dinâmica estava toda no meu instrumento. Fui capaz de variar entre um leve crunch indo até um overdrive de segundo estágio quando foi preciso. Isso sem perder nenhuma das características sonoras do pedal. Segundo o Vinícius (criador da Utopia) isso se deve a um estágio de entrada igual ao dos amplificadores.

Os controles do 22-03 BRICK são uteis em todo o seu curso, que também é uma característica que amplia as possibilidades do pedal. Os controles Voice e Presence parecem redundantes numa primeira olhada (os dois controlam agudos e super-agudos) mas trabalham muito bem em conjunto. O pedal se saiu muito bem em guitarras com diferentes tipos de captadores em grande parte pela facilidade de ajuste desses controles de equalização. Não senti falta de nenhuma frequência em específico, ainda mais com o pedal oferecendo uns médios naturais muito bonitos e úteis, que ajudam bastante a destacar a sua guitarra na mix. Ainda existe a opção dos dipswitches internos que podem modificar o voicing das frequências graves do pedal, podendo até oferecer a sonoridade de outro overdrive lançado pelo fabricante, o 1962 .

Eu sei que o mercado está repleto de opções tipo “Marshall in a Box” e eu tenho (ou já testei) dezenas delas. E mesmo dentro desse contexto eu acredito que o 22-03 BRICK tem qualidade suficiente para se destacar. Seja pela dinâmica que ele proporciona, seja pela equalização redonda, é um pedal que pode ser utilizado em diferentes funções dentro do seu pedalboard. Utilizei-o como único pedal de saturação dentro do pedalboard em algumas situações e ele não decepcionou, me entregando diferentes sonoridades de maneira muito simples e rápida. Ótimos timbres para diferentes situações! E você achando que achar o overdrive ideal seria uma utopia…

 

Facilidade de Usar/Achar bons timbres

O 22-03 BRICK é um pedal bem simples de se usar e rapidamente você encontrará timbres bem competentes de overdrive. Os controles de equalização não são os mais versáteis do mundo, mas entregam boas possibilidades que irão ajudar a adequar o pedal ao seu setup. Eu não consegui encontrar nenhum timbre que me desagradasse completamente aqui. Então se você gosta desse tipo de sonoridade “Marshall” eu diria que é uma aposta bem segura!

Regulagem Favorita

Voice: 1:00h

Gain: 2:00h

Pres.: 12:00h

Master: 12:00h

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349

Notice: ob_end_flush(): Failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/peda8333/public_html/wp-includes/functions.php on line 5349